politica&teatro
   Enfim férias!

Estou saíndo de férias depois de enfrentar alguns pequenos problemas, preciso ainda de trabalhar as notas de meus queridos alunos. Embora esteja de licença médica, e ainda meter as caras na pós-graduação. Irei para Guarapari com minha família e volto em agosto com novidades! Espero fazer uma festa para inaugurar o Blog publicamente na cidade!

Escrito por christian theodore às 17h23
[] [envie esta mensagem]


 
   Severino coloca o santo nome do filho de Deus em vão!

04/07/2005 - 17h06 Severino Cavalcanti diz que nem Jesus Cristo escapará Publicidade FELIPE RECONDO da Folha Online, em Brasília Depois que as denúncias do mensalão atingiram a segunda maior bancada da Câmara dos Deputados, o presidente da Casa, Severino Cavalcanti (PP-PE), disse que, em pouco tempo, haverá mais acusações do que parlamentares. "Da maneira como está indo a coisa eu estou vendo que não escapa nem Jesus Cristo", afirmou. folha on line

Escrito por christian theodore às 17h01
[] [envie esta mensagem]


 
   Acidente de Ultra-Leve no Lago mata dois jovens

Após manobras ousadas, ultraleve cai no Lago Paranoá Helena Mader, Naiobe Quelem e Cecília Brandim Do Correio Braziliense 03/07/2005 10h15-Ambiente de descontração e lazer, o Pontão do Lago Sul se transformou ontem no cenário de uma tragédia. Freqüentadores do local se uniram a familiares e amigos do arquiteto Dam Martins, de 26 anos, e do engenheiro Samuel de Brito, de 27 anos, para acompanhar as tentativas de resgate dos pilotos. Eles sobrevoavam o Lago Paranoá em uma asa delta motorizada quando o ultraleve caiu sobre o espelho d’água e submergiu, por volta das 16h. O Corpo de Bombeiros foi acionado para resgatar os dois rapazes, mas até o fechamento desta edição, a aeronave ainda estava sob a água e os jovens não haviam sido encontrados. Seis mergulhadores e dezenas de bombeiros usaram duas lanchas, dois jet skis e duas embarcações da marinha para tentar localizar a asa delta de Dam e Samuel. O subcomandante geral dos Bombeiros, coronel José Newton Matos, participou das operações. O capitão Marcelo Vieira Pereira, que coordenava o resgate, disse que o provável local onde o ultraleve caiu tem 12 metros de profundidade. “Não sabemos a localização exata do aparelho e a água turva dificulta os trabalhos de resgate. É pouco provável que alguém sobreviva a um impacto como este”, garante o capitão Marcelo. O Corpo de Bombeiros isolou o cais de atracação do Pontão, mas centenas de freqüentadores permaneceram no local, aguardando um desfecho para o drama que se desenrolava. Amigos e parentes dos rapazes estavam inconsoláveis e apreensivos. Dam Martins voava há mais de cinco anos e, de acordo com pessoas próximas ao arquiteto, era apaixonado por aeronaves. “Dam morreu fazendo o que mais gostava”, lamentava o administrador Leandro Augusto Ferreira, de 27 anos, já sem esperanças de encontrar o amigo com vida. Dam e Samuel são solteiros e moradores do Lago Sul. Eles levantaram vôo no Brasília Ultraleve Clube (BUC), no Setor de Clubes Esportivos Sul. Uma testemunha que presenciou o acidente disse que os dois jovens faziam manobras arriscadas sobre o Lago Paranoá. O engenheiro civil Francisco Ceotto, de 50 anos, almoçava no café Antiquário, no Pontão do Lago Sul, e viu a queda do aparelho. “A asa delta fez uma pirueta e deu um rasante no lago. Em seguida, aconteceu o acidente”, lembra. O piloto Marcos Lima, de 55 anos, ex-diretor da Associação de Pilotos de Ultraleve de Brasília (Apuc), acompanhou as tentativas de resgate. Ele garante que vôos com ultraleves e asa deltas são seguros, desde que o condutor do aparelho tenha preparo e não se arrisque durante a prática. “O piloto deve respeitar alguns limites, mas voar é uma atividade extremamente segura”, garante Marcos. O aparelho utilizado por Dam e Samuel é uma asa delta motorizada modelo Trike. O aparelho tem asas flexíveis e são facilmente desmontáveis, o que ajuda a transportar o equipamento. correioweb.

Escrito por christian theodore às 16h59
[] [envie esta mensagem]


 
   Não posso deixar de publicar isso! Para refletir...

Por Anna Halley Segunda-feira, 04 de Julho de 2005 Pilotos do ultraleve morreram afogados -------------------------------------------------------------------------------- O arquiteto Dam Martins, 26 anos, e o engenheiro Samuel Brito, 27, ocupantes do ultraleve de marca Trike Ícaros (asa-delta motorizada) que caiu no Lago Paranoá na tarde de sábado, morreram por afogamento, de acordo com o laudo preliminar do Instituto de Medicina Legal (IML). O ultraleve só foi retirado do lago na manhã de ontem. Os dois corpos serão cremados hoje. Aproximadamente 200 pessoas estiveram no Cemitério Campo da Esperança, entre parentes e amigos, durante o velório, ontem. Os pais dos rapazes preferiram não conversar com a imprensa. Os dois corpos foram velados na mesma capela até as 17h. Depois, seguiram para o Crematório de Valparaíso, sob aplausos dos presentes. Além de amigos, Dam e Samuel eram sócios de uma empresa de construção e moravam no Lago Sul. O acidente ocorreu por volta das 16h, na altura do Pontão do Lago Sul. Os corpos foram encontrados presos ao aparelho quatro horas depois. Segundo testemunhas, Dam – o piloto – teria tentado fazer manobras radicais a cem metros do solo. Segundo Odilon Vieira, amigo da família de Dam, os rapazes sobrevoariam o Hotel Blue Tree, onde ocorria uma festa. "Parece que eles foram contratados pela produção para jogar camisinhas sobre o local", explica. Odilon conta que os dois eram habilitados para voar e preferiu não falar sobre a possibilidade de manobras perigosas antes do acidente. "Já voei com o Dam e sei o quanto ele era criterioso quando pilotava. Além disso, tinha experiência e foi campeão em vários concursos", diz. Dam, porém, já tinha se envolvido em um acidente aéreo. "Uma vez ele quebrou o braço ao cair", recorda-se. Na opinião de Everardo Oliveira, presidente da Associação dos Pilotos de Ultraleve de Brasília (Apub), a freqüência de acidentes desse tipo trata-se de uma coincidência. Nos últimos 45 dias, foram três, sendo dois com morte. "Nesse último caso, me parece que houve ousadia", avalia. Oliveira ressalta que a maior parte dos acidentes aéreos ocorre por falha humana: "São mais de 99%, em todo o mundo". correio web

Escrito por christian theodore às 16h54
[] [envie esta mensagem]


 
   Mais duas mortes de forma banal! Esse Blog é contra esportes radicais

Por Anna Halley Segunda-feira, 04 de Julho de 2005 Pilotos do ultraleve morreram afogados -------------------------------------------------------------------------------- O arquiteto Dam Martins, 26 anos, e o engenheiro Samuel Brito, 27, ocupantes do ultraleve de marca Trike Ícaros (asa-delta motorizada) que caiu no Lago Paranoá na tarde de sábado, morreram por afogamento, de acordo com o laudo preliminar do Instituto de Medicina Legal (IML). O ultraleve só foi retirado do lago na manhã de ontem. Os dois corpos serão cremados hoje. Aproximadamente 200 pessoas estiveram no Cemitério Campo da Esperança, entre parentes e amigos, durante o velório, ontem. Os pais dos rapazes preferiram não conversar com a imprensa. Os dois corpos foram velados na mesma capela até as 17h. Depois, seguiram para o Crematório de Valparaíso, sob aplausos dos presentes. Além de amigos, Dam e Samuel eram sócios de uma empresa de construção e moravam no Lago Sul. O acidente ocorreu por volta das 16h, na altura do Pontão do Lago Sul. Os corpos foram encontrados presos ao aparelho quatro horas depois. Segundo testemunhas, Dam – o piloto – teria tentado fazer manobras radicais a cem metros do solo. Segundo Odilon Vieira, amigo da família de Dam, os rapazes sobrevoariam o Hotel Blue Tree, onde ocorria uma festa. "Parece que eles foram contratados pela produção para jogar camisinhas sobre o local", explica. Odilon conta que os dois eram habilitados para voar e preferiu não falar sobre a possibilidade de manobras perigosas antes do acidente. "Já voei com o Dam e sei o quanto ele era criterioso quando pilotava. Além disso, tinha experiência e foi campeão em vários concursos", diz. Dam, porém, já tinha se envolvido em um acidente aéreo. "Uma vez ele quebrou o braço ao cair", recorda-se. Na opinião de Everardo Oliveira, presidente da Associação dos Pilotos de Ultraleve de Brasília (Apub), a freqüência de acidentes desse tipo trata-se de uma coincidência. Nos últimos 45 dias, foram três, sendo dois com morte. "Nesse último caso, me parece que houve ousadia", avalia. Oliveira ressalta que a maior parte dos acidentes aéreos ocorre por falha humana: "São mais de 99%, em todo o mundo". jornal de Brasília

Escrito por christian theodore às 16h36
[] [envie esta mensagem]


 
   Registrando para cobrar: Promessas de casas populares e plano de saúde para servidor do GDF

Segunda-feira, 04 de Julho de 2005 Entrevista - Cecília Landim/Secretária de Gestão Administrativa -------------------------------------------------------------------------------- Moradia com desconto em folha para servidor Até o final do mês, chega às mãos do governador Joaquim Roriz a minuta de um decreto que cria o Programa Habitacional do Servidor do GDF. A idéia é atender cerca de 18 mil funcionários do governo local, oferecendo a eles oportunidade de comprar a casa própria pagando com desconto em folha. A consignação vai permitir, segundo a secretária de Gestão Administrativa, Cecília Landim, a redução de juros, que devem variar entre 6% e 10%, numa parceria a ser firmada com a Caixa Econômica Federal e a Terracap. A proposta em estudo permite que o servidor compre a sua casa própria com financiamentos até 20 anos. O programa faz parte de um grande pacote de medidas que o GDF prepara para o servidor, que inclui a criação de um plano de saúde, novas contratações e cursos de capacitação e treinamento. "O servidor público é um cidadão a serviço de outro cidadão". Com esta máxima como paradigma, a secretária realiza o que ela chama de "revolução silenciosa" em cinco anos, completados sábado, à frente da pasta. E, para manter a qualidade dos serviços oferecidos à população, ela se preocupa com a qualidade de vida dos servidores. A secretária, que realizou concurso para 17 mil pessoas neste ano, analisa ainda pedidos do DER e da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos para abrir novas seleções, visando suprir carências de pessoal nas duas áreas. Cecília Landim fala, ainda, ao Jornal de Brasília sobre contratação de pessoal concursado e outros temas de interesse dos servidores. Acompanhe os principais pontos da entrevista. Secretária, em que fase se encontra a elaboração do plano de saúde dos servidores do GDF? O que o governador Joaquim Roriz autorizou, por meio de decreto, não é na realidade um plano de saúde. Mas, um programa de atenção à saúde física e mental do servidor, dos órgãos da administração direta, autárquica e fundacional. Com estes estudos pretendemos examinar três questões. Quais são? A primeira é a da medicina do trabalho. A segunda está vinculada à realização das perícias médicas. Pois, hoje, cada órgão têm suas perícias, que fazem separadamente. Vamos centralizar a gestão, coordenar essa ação, com orientação para os profissionais. Para que possamos não só ter um melhor desempenho, como as análises dos motivos das ausências dos servidores por conta de questões de saúde. Em terceiro, queremos buscar um atendimento com base na prevenção. O que isso significa? Nossa proposta é muito mais preventiva do que curativa. Para que possamos melhorar os hábitos das pessoas e a qualidade de vida, tanto no dia-a-dia pessoal, quanto no trabalho, para evitar as doenças. Esse é o nosso foco. Atenção à saúde significa qualidade de vida do servidor e não tratamento da doença. Nossas ações estão vinculadas a um questionário colocado na internet, para que todos os servidores respondam, para que, complementarmente aos estudos atuariais, atuemos com vistas ao plano complementar da saúde. Porque o propósito dele, uma vez atendidas estas questões de hábitos saudáveis, quando o servidor necessitar de algum tratamento ambulatorial, laboratorial ou hospitalar, ele conte com este plano de saúde, que está sendo definido. Como será financiado? Estamos estudando a questão do financiamento, da participação e das condições para oferecer um plano sustentável. Precisamos ter muito cuidado para termos um plano que seja sustentável. Significa que o servidor terá de pagar por isso? Terá. Em princípio, até por uma questão de cidadania, possivelmente teremos a participação financeira dos servidores. São duas coisas. No financiamento e na utilização dos serviços. Serão definidos critérios de participação. Como aliás, muitos planos de saúde que existem no Brasil, na área pública, modelos que estamos examinando. Não vamos criar a roda. A senhora tem previsão de quando o programa entra em operação? Nossa idéia é cumprir o cronograma do decreto. A previsão é de que nossos estudos estejam concluídos até o dia 30 de setembro. Em seguida vamos debatê-lo com os servidores, apresentar as alternativas, para que possamos, juntos, fazer o modelo final. Há poucos dias estivemos com alguns segmentos dos servidores e solicitamos sugestões para serem incorporados aos estudos. Essa é nossa expectativa. E o programa habitacional voltado para os servidores, como está? Existem algumas leis no DF para o setor, que nunca foram postas em prática na forma como foram feitas. Questões legais que nunca vingaram. O que estamos propondo junto com a Terracap é um programa de incentivo à moradia própria. Está engajado neste contexto o Fundo Habitacional (Fundhab), gerido pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação. O que mais? Fizemos contato com a Caixa Econômica Federal para se buscar alternativas para os servidores. Que podem ser cartas de crédito, os programas próprios da Caixa. Existem os programas de acordo com o salário do servidor. São o carta de crédito, o Fundo de Habitação do Servidor (Fundahb), por meio do Idahb, e o PAR, feito por meio de arrendamento, e que dispõe de recursos para aplicar este ano. A carta de crédito varia de acordo com o valor do imóvel se é usado ou novo. Além das casas da Seduh. As licitações da Terracap serão feitas a juro baixo, com base na reduzida taxa de risco. São alguns dos programas que estão em andamento na Seduh? Não. Aqueles são programas gerais. Mas a Caixa Econômica tem recursos que apresenta alternativas para os servidores comprarem seus apartamentos em prazo máximo de 240 meses (20 anos). O que estamos oferecendo é o compromisso de desconto em folha. Isso significa dizer que tanto a Terracap quanto a Caixa estudam a possibilidade da redução de juros, por conta da garantia, pois não há inadimplência. São destinados a todas as faixas de renda? Sim. De acordo com a faixa de renda, desde que morem aqui no DF. Terão prioridade aqueles que não tenham participado de qualquer programa habitacional do governo. Nos próximos dias, vamos fechar o decreto para que o governador possa anunciar o programa. Qual é o prazo? Até o final de julho levaremos o projeto ao governador. De quanto serão os juros? Estão na faixa entre 6% e 10% ao ano, uma vez que os empréstimos serão feitos por meio de consignação em folha, sem riscos. Qual o contingente de servidores que será beneficiado. A senhora tem idéia? Temos uma estimativa entre 15 mil e 18 mil. Inserimos nessa pesquisa que estamos fazendo sobre a questão de saúde, uma pergunta de natureza pessoal. Se você não tem residência própria e tem interesse no plano habitacional. Eles vão nos dar uma noção de quanto precisam de moradia própria. O que a senhora tem em vista quanto aos concursos que poderão ser realizados? Fizemos concursos para atender a cinco mil vagas. Para a Procuradoria. E também para a Saúde e a Educação – o carreirão da saúde, no final do ano passado. Estamos fazendo as convocações e as admissões agora. Para várias secretarias e, especialmente, para o Programa Na Hora. Para ele, serão convocados 200 servidores. No dia 13 de julho eles começam a atender no Top Mall, em Taguatinga, pelo Na Hora de serviços e o empresarial. O que mais? Neste ano temos alguns pedidos de concursos. Para o Departamento de Estradas e Rodagem (DER) e a Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos. Estamos analisando. BRB, Terracap e Metrô já foram feitos. Só para nível médio, foram aprovados 17 mil. jornal de brasília

Escrito por christian theodore às 16h32
[] [envie esta mensagem]


 
   Lady Francisco, figura de honra nesse Blog

Segunda-feira, 04 de Julho de 2005 Lady Francisco conta que ficou traumatizada com o sexo: “Um homem me disse que na cama eu era sem graça. Eles esperavam uma professora de sexo” -------------------------------------------------------------------------------- Foram oito anos longe da TV e sem fazer o que mais gosta: interpretar. Mas Lady Francisco foi atrás de seu ideal e voltou às novelas em Alma Gêmea, na pele da fofoqueira Generosa. A atriz atribui seu retorno à TV Globo ao livro Nunca fui Santa, que escreveu em 2003. "Assim que o livro foi publicado, dei um exemplar ao Mário Lúcio Vaz (diretor-geral artístico da emissora). O livro caiu nas mãos de Jorge Fernando, que me chamou para a novela. Busquei minha meta", lembra a atriz, atualmente seguidora do budismo. O tempo longe da TV serviu para a atriz repensar sua vida. Lady atuou no teatro, escreveu sua autobiografia e procurou um companheiro. Há 18 anos sem namorado – e sem manter relações sexuais – ela colocou um anúncio no jornal para tentar achar o par perfeito. "Pedi um homem íntegro, carinhoso, mas que fosse impotente. Eu me identifiquei como Lady Francisco e recebi várias cartas. Minha filha, Andréa, que me demoveu da idéia", conta. O pedido diferente, para a maioria das mulheres inadmissível, tem uma boa explicação: maltratada pelos homens – ela foi estuprada na juventude – a atriz perdeu a libido. "Não tenho tesão nem vontade de me entregar. Sofri muito e sou feliz sem sexo", garante. Símbolo sexual nas décadas de 50 e 60, a morena, que no palco do teatro de revista dava a impressão de ser um vulcão, na verdade era uma moça tímida, contrariando o ideal masculino. Hoje, ela se satisfaz com relações platônicas. "Tive vários homens, mas sempre fui envergonhada. Não gostava de ficar nua no claro e não topava muitas coisas. Certa vez, um homem me disse que na cama eu era sem graça. Isso me fechou, porque eles esperavam uma professora de sexo. Agora, prefiro as paixões platônicas, que me dão euforia", afirma. É com a mesma euforia que Lady fala do novo trabalho: "Fui muito bem recebida na emissora. Drica Moraes, por exemplo, me chama de papisa. Isso me dá orgulho, eu nasci para interpretar", comemora. jornal de brasília

Escrito por christian theodore às 16h21
[] [envie esta mensagem]


 
   E a Educação em São Sebastião!

Até quando? Flávia Alvarenga Crianças de São Sebastião estão assistindo aulas num galpão Crianças estudam num galpão por falta de sala de aula Ao todo, 350 crianças estão estudando em um galpão desde o mês de maio. Foi o local encontrado para abrigar parte dos alunos do Centro de Educação Infantil de São Sebastião. O galpão está dividido em oito salas de aula e o barulho de uma passa para a outra. Outro problema é a iluminação. A fiação elétrica ainda é improvisada e as salas ficam escuras. De acordo com a Regional de Ensino, o problema só será resolvido depois do recesso escolar. O galpão funciona como um anexo da escola, mas fica a um quilômetro de distância. As crianças têm que caminhar no meio da poeira. Para o Sindicato dos Professores, essa não foi a melhor solução para os alunos. O sindicato quer a construção de uma escola. “O GDF já sabia que este ano a demanda seria maior. Recentemente, nós tivemos cem milhões desviados da educação, verba que daria para construir mais de cem escolas, se preciso. O que não dá pra admitir é que as crianças fiquem em um galpão alugado, enquanto existe dinheiro para construir uma escola de qualidade”, reclama Carlos Garibel, representante do Sindicato dos Professores. A diretora da Regional de Ensino explica que o galpão é uma solução improvisada. Os alunos devem ficar no local até o final do ano. Ela confirma a necessidade da construção de novas escolas na cidade. “Nós estamos com todas as escolas superlotadas. Realmente precisamos de novas escolas”, afirma Valéria de Araújo. dfTV

Escrito por christian theodore às 16h17
[] [envie esta mensagem]


 
   Mais uma tragédia com jovens em Brasília

04/07/2005 - 08h32 Rapaz mata a namorada a facadas no DF Publicidade da Folha Online Um rapaz de 22 anos matou a namorada a facadas e se matou em seguida, na noite de domingo (3), segundo a Polícia Militar do Distrito Federal. O crime ocorreu em Águas Claras. A PM afirma que, após uma discussão, Luís Maurício Almeida esfaqueou Bruna Termann, 19, no apartamento do casal. Em seguida, ele pulou do 13º andar do prédio e também morreu na hora. De acordo com a polícia, Bruna foi atingida 11 vezes. Estou triste e cansado de ver e ouvir tragédias como essas se avolumarem em Brasília, desta vez dois jovens aparentemente bem de vida, de classe média alta, jogam suas vidas fora desta forma. Irei seguramente levar em agosto uma proposta de campanha de amor a vida, contra a depressão, a tristeza, pelo amor ao próximo e a jesus cristo em minha igreja presbiteriana do Lago Sul. Se essas tragédias estão se tornando banais precisamos dar a possibilidade dessas pessoas se salvarem, salvarem suas vidas! christian theodore

Escrito por christian theodore às 16h11
[] [envie esta mensagem]


 
   A vida tem valor. O nosso blog lança publicamente uma campanha contra os esportes radicais!

04/07/2005 - 13h21 Estudante morre ao pular de bungee jump em Minas Publicidade da Folha Online A estudante Letícia Santarém Amaro Rodrigues, 20, morreu domingo (3) ao pular de bungee jump em um pontilhão em Araguari (MG). Segundo o Corpo de Bombeiros, a cinta que prendia a garota rompeu, fazendo com que ela caísse de uma altura de aproximadamente 50 metros. A jovem chegou a ser socorrida por pessoas que acompanhavam o salto, mas não resistiu aos ferimentos e morreu pouco depois. O pontilhão é usado com freqüência por jovens para a prática do bungee jump. A partir de agora irei lançar uma campanha contra os esportes radicais e iniciar uma pesquisa para identificar quantas pessoas já morreram em acidentes banais ou práticas esportivas como essa!

Escrito por christian theodore às 16h01
[] [envie esta mensagem]


 
   oi

Escrito por christian theodore às 15h51
[] [envie esta mensagem]


 
   Fhc desavia o Pt, apurem o meu governo também, será que o Psdb apoia?

Rio de janeiro, sábado e domingo, 02 e 03 de julho de 2005 FHC desafia o PT: "apurem o meu governo também" BAURU (SP) - O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) desafiou ontem o PT e os partidos aliados a investigarem possíveis irregularidades nos oito anos de seu governo, pois não tem nada a esconder. Os governistas querem que, junto com a CPI do Mensalão, sejam apuradas acusações de compra de votos no governo do tucano. "As denúncias estão colocadas e tem que se apurar e, se quiserem apurar no meu governo, que apurem também. Eu não tenho nada a esconder e, se alguém errou, que pague", disse ontem à tarde o ex-presidente em rápida entrevista no aeroporto de Lins (SP), onde esteve em visita às empresas do Grupo Bertin. Ele defendeu que se estenda a fiscalização para todos os governos que puder alcançar, inclusive o atual, punindo aqueles que tenham cometido irregularidades. "O País está olhando e qualquer partido cortaria até na própria carne", afirmou. Na opinião do ex-presidente, o Congresso e demais órgãos têm de cumprir suas funções e o País continuará funcionando normalmente, vendo as providências decorrentes do encaminhamento das questões. Dando uma explicação sobre o seu conselho para Lula não ser candidato à reeleição, FHC disse que o importante é que hoje ele cuide do governo e faça campanha eleitoral no tempo certo, não antecipadamente. Quanto à própria eleição, também foi enfático: "Eu já disse reiteradas vezes que não sou candidato a nada; o Brasil precisa que todos dêem as mãos, se unam patrioticamente em busca das apurações, da governabilidade e do perfeito funcionamento da sociedade". Oposição radical Cauteloso mas firme ao defender a apuração das irregularidades, o ex-presidente lembrou que teve "uma oposição muito radical, que não pensava no Brasil, e o presidente Lula tem sorte de ter uma oposição que pensa no Brasil também; o PT foi ruim na oposição e parece que não vai bem assim no governo", disse. Fernando Henrique disse várias vezes não ser candidato a nada e que esse não é o momento para se falar em candidatura. Mas essa não parece ser a mesma posição do vereador paulistano José Aníbal, que o acompanhou na viagem. Ele próprio declarou que se coloca à disposição do PSDB para concorrer ao governo do Estado por se sentir "em condições de disputar a eleição para o governo de São Paulo". tribuna da imprensa

Escrito por christian theodore às 16h07
[] [envie esta mensagem]


 
   menor filma transa com namorada e divulga na Internet!

Jovens são acusados de divulgar vídeo pornô pela internet Dois jovens de classe média tiveram seus computadores apreendidos ontem em Botafogo e Laranjeiras, na Zona Sul do Rio, pela Coordenadoria de Investigações Eletrônicas do Ministério Público (MP). Os primos K. e V. têm 17 anos e são acusados de divulgar na internet imagens de uma relação sexual entre K. e sua então namorada, M., da mesma idade. O caso foi denunciado pela mãe da garota. No computador de V. foram encontrados mais vídeos pornográficos, com outras meninas, gravados no mesmo local. V. aparece em pelo menos um deles. Também foram apreendidos disquetes com material pornográfico. O artigo 241 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) estabelece pena de dois a seis anos de reclusão e multa para quem "apresentar, produzir, vender, fornecer, divulgar ou publicar, por qualquer meio de comunicação, fotografias ou imagens com pornografia ou cenas de sexo explícito envolvendo criança ou adolescente". Como são menores, os dois rapazes serão julgados pelo Juizado da Infância e da Juventude. O chefe da coordenadoria, Wanderley de Abreu Jr., acredita que, no máximo, eles serão condenados a penas alternativas por serem menores e primários. "Eles transformaram o quarto em um estúdio", disse Wanderley de Abreu Jr., chefe da coordenadoria. As imagens em que M. aparece foram registradas em fevereiro do ano passado, na casa de V., e divulgadas em novembro, por meio de um arquivo digital. "Eles se auto-incriminam, porque nas propriedades do arquivo colocaram os próprios nomes como autores do vídeo", acrescentou. A gravação foi feita em Botafogo, Zona Sul, num dia em que V. ofereceu o próprio quarto para ser usado por K. e a namorada. Uma câmera escondida registrou o encontro dos adolescentes. Abreu Jr. contou que, na gravação, com duração de oito minutos e 50 segundos, K. se dirige à câmera durante o ato sexual. "Nos momentos em que a menina não poderia perceber, ele faz sinais." O chefe da coordenadoria disse que ainda não foi possível esclarecer quem exatamente divulgou o arquivo na internet. Os dois jovens alegam que o vídeo foi distribuído para amigos e que um deles seria o responsável. Esta distribuição limitada, porém, já é uma infração ao ECA, afirmou Abreu Jr. Ontem, o computador de K. ainda não tinha sido periciado. Todo o material apreendido foi levado para o Instituto de Criminalística Carlos Éboli. M. foi reconhecida por colegas que assistiram ao vídeo pela internet. "Ela quer sair do colégio e está realmente perturbada, deprimida, chora todos os dias. Foi o que levou a mãe a procurar o MP", disse Abreu Jr. tribuna da imprensa

Escrito por christian theodore às 16h05
[] [envie esta mensagem]


 
   Jamelão figura de honra nesse blog.

Jamelão Nada de tops internacionais, modelos estreantes ou celebridades cercadas de fotógrafos. O principal destaque do segundo dia da 19ª São Paulo Fashion Week, que começou ontem e termina no próximo dia 4 de julho no Pavilhão da Bienal, no Ibirapuera, foi o cantor e compositor Jamelão. Aos 91 anos, ele entrou no desfile da Poko Pano para cantar ao vivo. Jamelão fez o público que assistia ao desfile da grife ficar de pé para aplaudi-lo. Com passos curtos e apoiado por uma bengala, o sambista percorreu toda a passarela cantando ao vivo um samba romântico. Foi o único momento de empolgação durante todo o desfile Fora Jamelão, o "mundinho da moda" não presenciou nenhuma outra celebridade de peso. Aliás, quase-famosos foram presença constante, como se quisessem aproveitar a oportunidade em que Gisele Bündchen e Daniella Cicarelli não concentram todos os flashes. Casa dos Artistas A roqueira Syang e Mari Alexandre --ambas ex-Casa dos Artistas-- passaram pelo desfile da Poko Pano, também visto pela apresentadora Amanda Françoso e atriz Natália Rodrigues, que ficou conhecida ao fazer o papel de vilã na série Malhação. Ou seja: nada de celebridades. folha on line

Escrito por christian theodore às 15h52
[] [envie esta mensagem]


 
   Paraguai abre o seu território para o exército americano!

Paraguai recebe militares dos EUA com garantia de imunidade diplomática Ministra das Relações Exteriores do Paraguai, Leila Rachid, abre território nacional para tropas americanas e garante imunidade e status diplomático a soldados. Decisão foi tomada pelo Congresso e pode possibilitar a criação de base militar americana na região da Tríplice Fronteira, principal alvo dos EUA na América do Sul. Verena Glass 01/07/2005 São Paulo – Havia sido marcada para esta sexta (1o) a chegada ao Paraguai dos primeiros 400 militares americanos de um contingente ilimitado de marines que foi autorizado pelo Congresso a fazer manobras e treinamentos no país. A decisão de permitir a entrada e de outorgar aos soldados dos EUA imunidade total e status diplomático foi tomada no final de maio, e prevê a permanência dos americanos até final de 2006, prazo que pode ser automaticamente prorrogado. À época da assinatura do acordo, a ministra das relações exteriores, Leila Rachid, afirmou que “os soldados [americanos] terão as mesmas prerrogativas que os funcionários técnicos ou administrativos de delegações diplomáticas que capacitam nossos compatriotas”, e que a imunidade total só seria dada àqueles “que trabalharem com causas humanitárias”. Isso significa que, em caso de delitos cometidos pelos soldados, eles não poderão ser punidos nem levados à Corte Penal internacional, à qual o Paraguai aderiu. As negociações com os EUA também garantem a entrada e saída livre das tropas, transporte de armas e medicamentos, e a liberdade total para operar em qualquer ponto do território, segundo matéria do jornal argentino Clarín. Segundo o jornalista argentino Luis Bilbao, correspondente do jornal francês Le Monde Diplomatique, a decisão do Congresso paraguaio se deu logo após a queda do presidente boliviano Carlos Mesa e da exigência americana na OEA (Organização dos Estados Americanos) – não aceita – de que se criasse um “observatório das democracias” no organismo. Também acontece no momento em que o governo paraguaio trava uma batalha com movimentos sociais e oposição, contrários às privatizações em curso no país, e com movimentos camponeses em luta por terras. “Washington deve formalizar agora uma base militar no Paraguai (onde, há anos, os EUA já mantém uma aeroporto semi-clandestino em Mariscal Estigarribia, povoado na regia do Chaco, perto da fronteira com a Bolívia, onde se pode aterrissar aviões B-52 e Galaxys, capazes de transportar grandes quantidades de tropas e armamentos) e crava aí um alicerce estratégico para controlar os movimentos de convergência sul-americanos”, avalia Bilbao. Neste mesmo sentido, ONGs argentinas denunciam que o principal alvo dos militares norte-americanos será a região da Tríplice Fronteira (divisa entre Brasil, Argentina e Paraguai), que, segundo avaliação do jornal mexicano La Jornada, é o ponto chave dos projetos geoestratégicos americanos para controlar, com tropas de rápida mobilização, os países fronteiriços e implementar a “Guerra de Baixa Intensidade” contra os inexistentes terroristas supostamente entrincheirados na região. Para preparar terreno, o secretário de Defesa dos EUA, Donald Rumsfeld, já garantiu que promoverá, em setembro próximo, um seminário de planejamento se segurança integral nacional com especialistas do Centro de Estudos Hemisféricos de Defesa, órgão ligado diretamente ao Pantágono. Mas já nesta sexta, o embaixador americano no Paraguai, John Keane, anunciou uma ajuda financeira vultuosa ao país “para o combate ao tráfico de drogas, ao terrorismo, à lavagem de dinheiro e à corrupção”. Brasil ameaçado? Ter tropas americanas atuantes em dois flancos – no norte pela Colômbia e no sul pelo Paraguai – não deixa o Brasil em uma situação confortável. A análise é do deputado federal Dr. Rosinha (PT-PR), ex-presidente da Comissão Parlamentar do Mercosul. “A militarização das fronteiras é muito perigosa, estamos começando a ficar imprensados, e acredito que isto seja uma ameaça à nossa segurança”, afirma. Segundo o deputado, mesmo desconhecendo qualquer legislação que impeça o Paraguai de abrir seu território a forças externa, deveria ter havido uma discussão da questão no âmbito do Mercosul. “Os EUA ganharam a queda de braço contra a resistência de sua presença na Tríplice Fronteira. Não sei como foi o acordo com o Paraguai. Mas com a Colômbia aconteceu que se restringiu a entrada de militares e permitiu-se o acesso livre de civis norte-americanos. Esse civis são todos mercenários, empresas privadas de segurança. Se isso se repetir no Paraguai, as coisas se complicam”. Já a assessoria do Itamaraty afirmou que, oficialmente, o Brasil não se manifestara sobre o assunto, porque “seria ingerência em assuntos internos de outro país. Nós mesmos temos acordos de exercícios militares conjuntos com os EUA, e do ponto de vista do Itamaraty não há nada a ser comentado”. agência carta maior

Escrito por christian theodore às 13h51
[] [envie esta mensagem]


 
   principais propostas da reforma política

Principais pontos da proposta Financiamento público Seria destinado R$ 7 por eleitor. De acordo com o número de votantes atualmente, essa conta total fecharia por volta de R$ 840 milhões Lista fechada Os eleitores não votam mais em nomes, mas em legendas. Cada partido vai compor sua lista de candidatos e os eleitos, bem como o número de integrantes das futuras listas, vão depender do número de votos recebido pela legenda na disputa eleitoral Cláusula de barreira Só poderão ter funcionamento parlamentar as legendas que obtiveram 2% dos votos válidos nacionalmente, descontando brancos e nulos, distribuídos em pelo menos 9 estados, tendo eleito candidatos em pelo menos cinco deles Federações de partidos Os partidos que não superarem a cláusula de barreira poderão se coligar. Esse federação tem de ser composta um ano antes das eleições e durar pelo menos três anos Coligações proporcionais Ficam proibidas as coligações partidárias para eleições proporcionais (deputados federais, estaduais e vereadores) Reforma política chega ao plenário [03/JUL/2005] Home > Brasil jornal do brasil

Escrito por christian theodore às 13h16
[] [envie esta mensagem]


 
   A secretária de educação!

oferecendo bolsas de pós-graduação. Com isso, estamos fazendo a valorização do professor porque cada formação permite melhorar o salário do professor. - A senhora implantou algum programa novo em busca da qualidade? - Sim. Focamos em parcerias privadas para melhorarmos a inclusão digital no DF. A partir de agosto vamos oferecer o Ensino Médio à Distância para os alunos que não têm tempo de irem à aulas presenciais. Conseguimos a doação de 480 computadores do Tribunal de Justiça do DF. Uma parceria com a Net vai instalar 120 pontos de internet banda larga na escolas. Uma outra, com a Microsoft, vai oferecer licenciamento de softwares para nossos computadores. Também vamos implantar um programa com o portal Yahoo!Brasil para orientar os docentes e alunos a usarem a internet como fonte de busca do conhecimento. Temos implantados 124 laboratórios nas escolas. Estamos instalando mais 80, sendo 20 na zona rural. - A Secretaria tem outras parcerias com empresas privadas? - Por enquanto, só as que citei e também com a Codeplan, que nos ajuda muito com a informatização das escolas. Mas estamos abertos para empresas que queiram contribuir com a educação. Nosso interesse maior é buscar apoio na área de informática porque a inclusão digital proporciona saltos no aprendizado. - Os professores estão ameaçando fazer nova greve em agosto. Segundo eles, o governo não está cumprindo o acordo feito na greve passada. - Apenas um item do acordo cabe a Secretaria de Educação. Combinamos de fazer um concurso interno de remoção para os professores poderem mudar de escolas e de regiões administrativas. Para trabalharmos a questão, constituímos um comissão com o Sindicato dos Professores (Sinpro-DF) e fizemos três reuniões. Sei que as Secretarias de Gestão Administrativa e de Assuntos Sindicais estão tendo reuniões constantes com o sindicato no sentido de avançar no acordo. - Mas a Secretaria de Educação vai tomar alguma atitude para tentar evitar a greve? - É uma questão prematura os professores deflagarem greve. O governo tem tentado negociar com os professores. Mas estou disposta a receber o sindicato para conversarmos e tentarmos discutir a situação dos docentes. Mesmo porque eu sou professora, trabalhei na rede pública e conheço os anseios e as necessidades deles. Os professores também têm de entender que nem tudo podemos. - As aulas da greve desse ano foram repostas ou os alunos terão aulas nas férias de julho? - Cada umas das 610 escolas fez seu próprio calendário para repor as aulas. Algumas não precisarão ter aulas em julho, outras sim. Além da greve, algumas escolas terão aulas nas férias porque ficaram mais tempo sem terem professores de algumas das disciplinas. O importante é que as escolas estão cientes de que tem de haver um compromisso nosso de cumprir os 200 dias letivos e de que nenhum aluno fique prejudicado em relação ao conteúdo previsto. - A população tem reclamado da falta de vagas em escolas de educação infantil e nas creches. A Secretaria está preocupada com essa questão? - Queremos universalizar o ensino a partir dos quatro anos. Esse ano, conseguimos colocar as crianças de seis anos. Vamos fazer isso progressivamente. Creches temos nove, mas não temos planos de expandir esse atendimento. Infelizmente, ainda não temos condições de absorver todas essas crianças. - No começo do ano letivo, o DF teve muitos problemas de falta de escolas e improvisação de salas de aulas. Isso foi resolvido? Há algum plano para que não aconteça o mesmo em 2006? - Tivemos problemas no Recanto das Emas e na Estrutural. Sanamos essa questão com a construção de escolas e de novas salas de aula. Para o ano que vem, estamos construindo um jardim de infância no Riacho Fundo II e um no Recanto das Emas na 603, além de duas escolas classe no Recanto das Emas e uma escola classe em São Sebastião. Além disso, estamos reconstruindo a uma escola classe em Sobradinho. - E o planejamento para 2006, começou? - Ainda não. Ficamos até agora resolvendo as questões emergenciais do primeiro semestre e trabalhando para garantir a normalidade no segundo semestre. O planejamento do próximo ano começaremos a partir de agosto. - Será que teremos problemas como os de 2005? - Acredito que não. Os problemas deste ano foram causados pelo excesso da demanda. Já vamos nos organizar para que em 2006 isso não aconteça. jornal do brasil

Escrito por christian theodore às 13h07
[] [envie esta mensagem]


 
   Vandecy de Camargos, a secretária de educação!

“Concurso virá ainda este ano” Entrevista: Vandercy de Camargos Melissa Medeiros Feliz com os resultados de seus três meses de trabalho a frente da Secretaria de Educação do Distrito Federal, Vandercy de Camargos, faz planos para os meses seguintes: resolver totalmente a falta de professores, fazer parcerias privadas para aumentar a inclusão social e apostar na melhoria da educação pública no DF. De acordo com a secretária, o problema da falta de professores está praticamente resolvido. “A carência hoje é de 260 docentes para cargos permanentes. Ainda não foi suprida porque faltam professores concursados em alguma disciplinas”, explica Vandercy. Para contornar a situação, a secretária anuncia que solicitou ao governo novo concurso de professores e prometeu que as provas serão ainda esse ano.. Também anuncia a convocação de merendeiros e contração de servidores administrativos. Vandercy considera positiva, em termos de recursos humanos, a educação do DF, depois que ela assumiu. Citando que 98% das crianças do DF já freqüentam a escola, a secretária de Educação conta que os princípios do ensino no seu mandato são o acesso à educação, a permanência na escol a e a qualidade do ensino. Ela apóia os movimentos de greve dos professores para exigirem melhorias profissionais. Mas alerta-os que não dá para terem tudo. Para 2006, espera fazer parcerias privadas aumentar a inclusão digital na rede pública do Distrito Federal. - Como a senhora avalia o primeiro semestre letivo da rede pública do DF? - Eu iniciei aqui em 23 de março. Assim que cheguei, deparei com um momento difícil de falta de professores. Hoje tenho o privilégio de dizer que nomeamos 1.360 professores. Dessas carências que haviam, restam apenas vagas para as disciplinas física, química, biologia, matemática e ciência porque não têm aprovados no banco de concursos. - Como será resolvida a falta desses 260 professores? - Estamos aguardando aprovação do concurso que já solicitamos à Secretaria de Gestão Administrativa (SGA). - Quando será o concurso? - Espero que ainda este semestre. Porque são áreas ainda que faltam professores para assumirem imediatamente. - Também há falta de outros profissionais na educação? - Sim. Fizemos uma seleção para merendeira e pedimos que sejam chamados 400 aprovados. Também pedimos à Cecília Landim [secretária de Gestão Administrativa]cerca de 350 servidores administrativos aprovados no último concurso da SGA. - No ano passado, o Tribunal de Justiça do DF proibiu a Secretaria de Educação de fazer contratos temporários de professores. Mas a senhora conseguiu, este ano, a liberação. Como foi contornada essa situação? - O contrato temporário foi autorizado porque seu objetivo é cobrir vagas provisórias, como licenças e afastamentos. Isso não é feito apenas em Brasília. É no mundo todo. Só que agora ocorrem em escala menor porque convocamos muitos concursados. Tivemos, no dia 20 de junho, a segunda reunião com o Tribunal e com o Ministério Público. Pelo relatório que encaminhamos, eles entenderam que tomamos providências para cobrir a necessidade de professores da rede. Pediram mais dois meses para darem uma decisão final do processo. - Quantos docentes o TJDFT liberou a secretaria a fazer? - A primeira vez, em março, foram 1.174 e depois mais 1.650. Mas nem precisamos chamar esse número. - Esse índice de 98% das crianças na escola, que a senhora citou, é de que órgão? A secretaria está fazendo algo para atingir 100%? - Os dados são do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Temos o projeto especial Escola Bate em sua Porta, no qual aquelas crianças que não se matricularam pelo telematrícula ou nas escolas são chamadas para estudar. Indo de casa em casa, encontramos muitas crianças que não estudam por motivos bobos, como pais que esqueceram de matricular e desmotivação. Quando nossa equipe explica a importância dos estudos, a criança volta para escola. - O que é feito para mantê-las na escola? - Quando os alunos faltam três dias consecutivos ou cinco dias alternados, um visitador escolar vai à casa da criança verificar a causa da ausência. Muitas vezes os pais nem sabem que os filhos estão faltando às aulas. Outros têm conhecimento, mas não se importam. Os visitadores conversam com a família e a envolve de modo que perceba a importância da freqüência às aulas. Os pais têm tem de aprender a priorizar a educação para garantir o futuro das crianças. - Quem faz essa visita às casas dos alunos faltosos? - Os visitadores são 421 alunos do ensino médio da rede pública com bom rendimento. Nós os contratamos como estagiários para fazerem esse trabalho. O interessante é que esses estudantes descobriram o valor da educação e realizam o trabalho com muita motivação. - Depois que a senhora assumiu a pasta, o que vem sendo feito para melhorar a qualidade da educação no DF? - Eu acredito que a melhoria da educação passa pela qualificação do professor. Por isso, estamos dando continuidade ao projeto, que começou em 2000, de graduação de todos os professores da rede, com bolsas do governo. Em 2006, todos os nossos professores terão nível superior. Também estamos oferecendo bolsas de pós-graduação. Com isso, estamos fazendo a valorização do professor porque cada formação permite melhorar o salário do professor.

Escrito por christian theodore às 13h07
[] [envie esta mensagem]


 
   Delúbio confirma quase tudo!

17h52 PT confirma que Marcos Valério era avalista de empréstimo Publicidade da Folha Online O tesoureiro Delúbio Soares confirmou que o publicitário Marcos Valério Fernandes de Souza foi avalista de empréstimo de R$ 2,4 milhões feito pelo partido junto ao BMG em fevereiro de 2003, conforme revelado em reportagem da revista "Veja". "Como nosso patrimônio é notoriamente insuficiente para garantir uma dívida desse valor, o BMG exigiu aval de pessoa com patrimônio compatível, tendo Marcos Valério Fernandes de Souza concordado em nos dar essa garantia", diz nota divulgada no final da tarde deste sábado por Delúbio. Folha Imagem Marcos Valério seria avalista e teria pago dívidas do PT Soares afirmou que os juros de R$ 349,9 mil foram pagos pelo publicitário, que se tornou credor junto ao PT. O tesoureiro do PT disse que tinha dado ao presidente do partido, José Genoino, apenas informações referentes às operações celebradas com o Banco Rural. Na reportagem de "Veja", Genoino nega que Valério tivesse sido avalista em operações bancárias. De acordo com a reportagem da revista, que usa documentos do BC (Banco Central), Valério mentiu em depoimento à Polícia Federal sobre suas relações com o partido. Valério é também o principal suspeito de operar uma enorme de rede de corrupção política, o chamado "mensalão" --pagamento de mesadas a deputados federais dispostos a "ajudar" o governo Luiz Inácio Lula da Silva a aprovar seus projetos na Câmara federal. Em entrevista à rádio CBN, neste sábado, Genoino negou que a matéria da "Veja" seja de fato "uma denúncia". "Quero deixar claro que essas transações fazem parte das regras comerciais. Esse empréstimo existe e foi feito de acordo com a legislação", disse. Em nota divulgada na tarde deste sábado, Valério afirma que "não fará comentários por considerar as informações fruto de violação de sigilo bancário". Origens do escândalo A crise política e de credibilidade que atinge o governo federal se agravou no dia 6 de junho, quando a Folha de S.Paulo publicou uma entrevista exclusiva com o deputado e presidente do PTB, Roberto Jefferson. Na entrevista ele denunciou que deputados recebiam cerca de R$ 30 mil por mês para aprovar projetos de interesse do governo. Disse ainda ter denunciado o caso ao presidente Lula, que teria chorado ao saber. Vale lembrar que Roberto Jefferson também é suspeito de comandar um esquema de corrupção nos Correios. Na semana seguinte à primeira entrevista (dia 6 de junho), em nova declaração exclusiva à editora do Painel da Folha, a jornalista Renata Lo Prete, o petebista declarou que o dinheiro do "mensalão" vinha de estatais de empresas privadas e que chegava a Brasília "em malas" para ser distribuído aos "aliados". Quem comandava o pagamento da mesada, disse, eram o tesoureiro do PT, Delúbio Soares, com a ajuda dos "operadores" Marcos Valério e o líder do PP na Câmara, José Janene (PR). Todos sempre negaram isso. Leia mais Saiba mais sobre Marcos Valério, o publicitário acusado por Jefferson Saiba mais sobre Roberto Jefferson, pivô da crise no governo Lula Caso do "mensalão" teve início com denúncia de Roberto Jefferson Especial Leia a cobertura completa sobre o caso da mesada no Congresso Leia o que já foi publicado sobre Marcos Valério DESTAQUES "Roda Viva": Genoino vai participar folha on line

Escrito por christian theodore às 12h48
[] [envie esta mensagem]


 
   Genuíno estava distraído e assinou documento de 2 milhões sem ler!

folha on line - 09h29 "Assinei empréstimo de R$ 2,4 mi sem ler contrato", diz Genoino Publicidade da Folha Online O presidente do PT, José Genoino, disse neste sábado que assinou, sem ler, o contrato para o empréstimo de R$ 2,4 milhões com o banco mineiro BMG, em 2003. Um dos avalistas é o publicitário Marcos Valério Fernandes de Souza --cujas empresas de propaganda atuam junto a estatais e já faturaram mais de R$ 140 milhões em contratos de prestação de serviço. Genoino afirmou que, na época, não conhecia Valério e que assinou o contrato em confiança ao tesoureiro do partido, Delúbio Soares. Após reportagem da revista "Veja", que divulgou as informações sobre o empréstimo, o presidente do partido convocou uma reunião extraordinária da Executiva Nacional para este domingo. O encontro em São Paulo, no entanto, foi adiado para a próxima terça-feira, às 10h. De acordo com nota divulgada pelo PT, a alteração da data aconteceu por uma questão de agenda --se a reunião fosse realizada no domingo, alguns membros da Executiva não poderiam comparecer. O comunicado diz ainda que, na segunda-feira, Genoino participa do programa "Roda Viva", na TV Cultura. Denúncia A "Veja" desmente as declarações que Valério deu nas últimas semanas --a de que ele não teria vínculos comerciais com o Partido dos Trabalhadores, mas só de amizade com seu tesoureiro, Delúbio Soares. A revelação se torna mais um componente gravíssimo na crise e mantém o governo como um todo em xeque. Em nota divulgada no final da tarde de ontem, Soares afirmou que, pelo fato de o partido ter patrimônio insuficiente, o banco exigiu aval de pessoa com patrimônio compatível. "Como nosso patrimônio é notoriamente insuficiente para garantir uma dívida desse valor, o BMG exigiu aval de pessoa com patrimônio compatível, tendo Marcos Valério Fernandes de Souza concordado em nos dar essa garantia", diz um trecho da nota. Soares afirmou que os juros de R$ 349,9 mil foram pagos pelo publicitário, que se tornou credor junto ao PT. O tesoureiro do PT disse que tinha dado a Genoino apenas informações referentes às operações celebradas com o Banco Rural. Na reportagem de "Veja", Genoino nega que Valério tivesse sido avalista em operações bancárias. Valério é também o principal suspeito de operar uma enorme de rede de corrupção política, o chamado "mensalão" --pagamento de mesadas a deputados federais dispostos a "ajudar" o governo Luiz Inácio Lula da Silva a aprovar seus projetos na Câmara Federal. Em nota divulgada na tarde deste sábado, Valério afirma que "não fará comentários por considerar as informações fruto de violação de sigilo bancário". Leia ASSINE BATE-PAPO BUSCA CENTRAL DO ASSINANTE E-MAIL SHOPPING UOL ÍNDICE PRINCIPALÁlbum de FotosAmigos VirtuaisAplicativos FerramentasBate-papo UOLBibliotecaBichosBlogBuscaCarrosCartõesCentral do AssinanteCinemaClassificadosCorpo e SaúdeCriançasDiversão e ArteEconomiaEducaçãoE-MailEmpregosEsporteFolha OnlineFórumFotoblogGayHoróscopoHumorJogosJornaisLição de CasaModaMúsicaPersonalidadesRádio UOLRevistasServiçosSexoShopping UOLSites PessoaisTecnologiaTelevisãoTempo Trânsito MapasTV UOLÚltimas NotíciasUOL NewsVestibularViagemÍndice completo Em cima da hora Brasil Mundo Dinheiro Cotidiano Esporte Ilustrada Informática Ciência Educação Galeria Manchetes Especiais Erramos BUSCA CANAIS Almanaque Ambiente Equilíbrio Folhainvest em Ação FolhaNews Fovest Guia da Folha Horóscopo Ooops! Pensata Turismo SERVIÇOS Arquivos Folha Banking Classificados Fale com a gente Folha Online Móvel FolhaShop Loterias Mapas Sobre o site Tempo JORNAIS E REVISTAS Folha de S.Paulo Revista da Folha Agora SP Alô Negócios O que é isso? 03/07/2005 - 09h29 "Assinei empréstimo de R$ 2,4 mi sem ler contrato", diz Genoino Publicidade da Folha Online O presidente do PT, José Genoino, disse neste sábado que assinou, sem ler, o contrato para o empréstimo de R$ 2,4 milhões com o banco mineiro BMG, em 2003. Um dos avalistas é o publicitário Marcos Valério Fernandes de Souza --cujas empresas de propaganda atuam junto a estatais e já faturaram mais de R$ 140 milhões em contratos de prestação de serviço. Genoino afirmou que, na época, não conhecia Valério e que assinou o contrato em confiança ao tesoureiro do partido, Delúbio Soares. Após reportagem da revista "Veja", que divulgou as informações sobre o empréstimo, o presidente do partido convocou uma reunião extraordinária da Executiva Nacional para este domingo. O encontro em São Paulo, no entanto, foi adiado para a próxima terça-feira, às 10h. De acordo com nota divulgada pelo PT, a alteração da data aconteceu por uma questão de agenda --se a reunião fosse realizada no domingo, alguns membros da Executiva não poderiam comparecer. O comunicado diz ainda que, na segunda-feira, Genoino participa do programa "Roda Viva", na TV Cultura. Denúncia A "Veja" desmente as declarações que Valério deu nas últimas semanas --a de que ele não teria vínculos comerciais com o Partido dos Trabalhadores, mas só de amizade com seu tesoureiro, Delúbio Soares. A revelação se torna mais um componente gravíssimo na crise e mantém o governo como um todo em xeque. Em nota divulgada no final da tarde de ontem, Soares afirmou que, pelo fato de o partido ter patrimônio insuficiente, o banco exigiu aval de pessoa com patrimônio compatível. "Como nosso patrimônio é notoriamente insuficiente para garantir uma dívida desse valor, o BMG exigiu aval de pessoa com patrimônio compatível, tendo Marcos Valério Fernandes de Souza concordado em nos dar essa garantia", diz um trecho da nota. Soares afirmou que os juros de R$ 349,9 mil foram pagos pelo publicitário, que se tornou credor junto ao PT. O tesoureiro do PT disse que tinha dado a Genoino apenas informações referentes às operações celebradas com o Banco Rural. Na reportagem de "Veja", Genoino nega que Valério tivesse sido avalista em operações bancárias. Valério é também o principal suspeito de operar uma enorme de rede de corrupção política, o chamado "mensalão" --pagamento de mesadas a deputados federais dispostos a "ajudar" o governo Luiz Inácio Lula da Silva a aprovar seus projetos na Câmara Federal. Em nota divulgada na tarde deste sábado, Valério afirma que "não fará comentários por considerar as informações fruto de violação de sigilo bancário". Leia

Escrito por christian theodore às 12h31
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Centro-Oeste, BRASILIA, CAMPUS UNIVERSITARIO, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese, Spanish, Sexo, Arte e cultura
MSN - christiantheodore2004@yahoo.com.br


HISTÓRICO
 26/09/2010 a 02/10/2010
 19/09/2010 a 25/09/2010
 06/06/2010 a 12/06/2010
 30/05/2010 a 05/06/2010
 23/05/2010 a 29/05/2010
 16/05/2010 a 22/05/2010
 25/10/2009 a 31/10/2009
 04/10/2009 a 10/10/2009
 20/09/2009 a 26/09/2009
 13/09/2009 a 19/09/2009
 30/08/2009 a 05/09/2009
 23/08/2009 a 29/08/2009
 16/08/2009 a 22/08/2009
 09/08/2009 a 15/08/2009
 02/08/2009 a 08/08/2009
 19/07/2009 a 25/07/2009
 12/07/2009 a 18/07/2009
 07/06/2009 a 13/06/2009
 31/05/2009 a 06/06/2009
 08/02/2009 a 14/02/2009
 17/08/2008 a 23/08/2008
 11/05/2008 a 17/05/2008
 09/12/2007 a 15/12/2007
 02/12/2007 a 08/12/2007
 18/11/2007 a 24/11/2007
 04/11/2007 a 10/11/2007
 28/10/2007 a 03/11/2007
 21/10/2007 a 27/10/2007
 14/10/2007 a 20/10/2007
 07/10/2007 a 13/10/2007
 30/09/2007 a 06/10/2007
 16/09/2007 a 22/09/2007
 26/08/2007 a 01/09/2007
 08/07/2007 a 14/07/2007
 27/05/2007 a 02/06/2007
 13/05/2007 a 19/05/2007
 29/04/2007 a 05/05/2007
 22/04/2007 a 28/04/2007
 25/03/2007 a 31/03/2007
 18/03/2007 a 24/03/2007
 04/03/2007 a 10/03/2007
 18/02/2007 a 24/02/2007
 04/02/2007 a 10/02/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 17/12/2006 a 23/12/2006
 03/12/2006 a 09/12/2006
 26/11/2006 a 02/12/2006
 12/11/2006 a 18/11/2006
 30/04/2006 a 06/05/2006
 01/01/2006 a 07/01/2006
 25/12/2005 a 31/12/2005
 11/12/2005 a 17/12/2005
 04/12/2005 a 10/12/2005
 27/11/2005 a 03/12/2005
 20/11/2005 a 26/11/2005
 13/11/2005 a 19/11/2005
 06/11/2005 a 12/11/2005
 30/10/2005 a 05/11/2005
 23/10/2005 a 29/10/2005
 16/10/2005 a 22/10/2005
 09/10/2005 a 15/10/2005
 02/10/2005 a 08/10/2005
 25/09/2005 a 01/10/2005
 18/09/2005 a 24/09/2005
 11/09/2005 a 17/09/2005
 04/09/2005 a 10/09/2005
 28/08/2005 a 03/09/2005
 21/08/2005 a 27/08/2005
 14/08/2005 a 20/08/2005
 07/08/2005 a 13/08/2005
 31/07/2005 a 06/08/2005
 24/07/2005 a 30/07/2005
 17/07/2005 a 23/07/2005
 10/07/2005 a 16/07/2005
 03/07/2005 a 09/07/2005
 26/06/2005 a 02/07/2005
 19/06/2005 a 25/06/2005
 12/06/2005 a 18/06/2005
 05/06/2005 a 11/06/2005
 29/05/2005 a 04/06/2005
 22/05/2005 a 28/05/2005
 15/05/2005 a 21/05/2005
 08/05/2005 a 14/05/2005
 01/05/2005 a 07/05/2005
 24/04/2005 a 30/04/2005
 17/04/2005 a 23/04/2005


CATEGORIAS
Todas as mensagens
 Link
 política
 arte e teatro
 eu
 grattapersona
 Blogdobosque



OUTROS SITES
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!