politica&teatro
  

A história em verde-e-amarelo

Nos últimos vinte anos, a política brasileira foi marcada por grandes manifestações populares em defesa da democracia e contra a corrupção. Nelas as cores verde e amarelo sempre foram marcantes – nos apoios e nos protestos.


Orlando Brito
Oscar Cabral
A CAMPANHA DAS DIRETAS JÁ
O ex-deputado Ulisses Guimarães foi o líder de um dos momentos mais fortes da política recente: a luta por eleições diretas
AS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS
A consolidação da democracia levou os brasileiros às urnas duas décadas depois da ditadura: vitória de Collor


André Penner
Jefferson Benardes/Preview.com
OS CARAS-PINTADAS GANHAM AS RUAS...
Os estudantes se rebelam contra a corrupção no governo, promovem manifestações e pedem a saída do presidente
...E, TÍMIDOS, AMEAÇAM VOLTAR
Na semana passada, neocaras-pintadas de verde-e-amarelo começaram a se manifestar contra o governo Lula

 



Escrito por christian theodore às 15h41
[] [envie esta mensagem]


 
  

Brasil
As cores da crise

As duas tiras nas cores verde e amarelo foram
o símbolo das Diretas Já, da ascensão e depois
da agonia de Collor. Agora elas voltam às ruas.
O que Lula fará delas definirá sua presidência


Alexandre Oltramari


Ricardo Stuckert/PR
LONGE DE BRASÍLIA
Lula, de chapéu de cangaceiro: oito discursos em quatro dias – e nem um pio sobre o caixa dois

Se fosse uma ópera – Turandot, de Giacomo Puccini, por exemplo –, a crise ética que paralisa o governo Lula estaria naquele estágio em que os personagens menores já cantaram e toda a expectativa se concentra sobre o príncipe-tenor e sua ária definidora do enredo: "Dilegua, o notte! / Tramontate, stelle! / Tramontate, stelle! / All'alba vincerò! Vincerò!" ("Dissolva-se, ó noite! / Ponham-se, estrelas! / Ponham-se, estrelas! / Ao raiar do dia vencerei! Vencerei!"). Bem, sendo mais realista, a crise não tem a dinâmica de uma ópera. Lula a está conduzindo mais ao ritmo de cerveja e samba de seu ídolo Zeca Pagodinho: "Confesso que sou de origem pobre / Mas meu coração é nobre, / foi assim que Deus me fez / E deixa a vida me levar / Vida leva eu / E deixa a vida me levar".

Se Lula continuar deixando, a vida vai levá-lo aonde ele não quer ir. E aonde ninguém quer que ele vá. Mas paciência tem limite, como desabafou um dos mais comedidos opositores do governo, Tasso Jereissati, senador do PSDB cearense: "O presidente está abusando da paciência ao fingir que não sabia de nada e ao adotar esse discurso de que os fatos são criados por uma oposição ressentida e pela imprensa. Exigimos que ele assuma sua responsabilidade. Assuma o papel de chefe. Chega de fingir que não sabe de nada, presidente! Chega de farsa!" Nos últimos dias, dois movimentos trouxeram a crise para ainda mais perto do presidente. Nas ruas voltaram a aparecer bandeiras, pichações e rostos de jovens pintados com as cores verde e amarelo, aquelas duas pinceladas paralelas que tanto simbolismo carregam na vida política nacional recente. Foram em 1984 o emblema do movimento diretas já, pela volta da eleição direta para presidente. Seis anos mais tarde, o símbolo foi apropriado por Fernando Collor em sua vitoriosa campanha presidencial. Em 1992, as ruas se encheram de estudantes caras-pintadas com o mesmo emblema bicolor, dessa vez em repúdio a Collor e suas manobras. As pinceladas verde-amarelas são agora apenas um aviso do grau de ebulição da crise e da inutilidade de o presidente tentar uma saída populista para seus problemas. Lula testou essa hipótese arriscada na semana passada. Falou que o país será obrigado a engoli-lo de novo e prometeu em palanque no Nordeste "mudar a economia e baixar juros". Ora, se fosse possível baixar juros por vontade pessoal e por decreto, ele já teria feito isso. Todo governante faria logo no primeiro dia de governo. Lula não acredita em mágicas na economia. É preocupante, portanto, que diga o contrário em palanque. Quando começa a falar coisas nas quais não acredita apenas para agradar à platéia, um político se diminui. Um presidente some. As pinceladas verde-amarelas nas ruas são um aviso, mas podem ser também uma via de mão dupla para Lula. Se ele interpretar corretamente os anseios das ruas, se salvará como o príncipe Calaf de Turandot. Caso não leia a mensagem verde-amarela é melhor mesmo deixar a vida levá-lo aonde ela decidir.




Escrito por christian theodore às 15h40
[] [envie esta mensagem]


 
   Impeachment?

Brasil
As cores da crise

As duas tiras nas cores verde e amarelo foram
o símbolo das Diretas Já, da ascensão e depois
da agonia de Collor. Agora elas voltam às ruas.
O que Lula fará delas definirá sua presidência


Alexandre Oltramari


Ricardo Stuckert/PR
LONGE DE BRASÍLIA
Lula, de chapéu de cangaceiro: oito discursos em quatro dias – e nem um pio sobre o caixa dois

Se fosse uma ópera – Turandot, de Giacomo Puccini, por exemplo –, a crise ética que paralisa o governo Lula estaria naquele estágio em que os personagens menores já cantaram e toda a expectativa se concentra sobre o príncipe-tenor e sua ária definidora do enredo: "Dilegua, o notte! / Tramontate, stelle! / Tramontate, stelle! / All'alba vincerò! Vincerò!" ("Dissolva-se, ó noite! / Ponham-se, estrelas! / Ponham-se, estrelas! / Ao raiar do dia vencerei! Vencerei!"). Bem, sendo mais realista, a crise não tem a dinâmica de uma ópera. Lula a está conduzindo mais ao ritmo de cerveja e samba de seu ídolo Zeca Pagodinho: "Confesso que sou de origem pobre / Mas meu coração é nobre, / foi assim que Deus me fez / E deixa a vida me levar / Vida leva eu / E deixa a vida me levar".

Se Lula continuar deixando, a vida vai levá-lo aonde ele não quer ir. E aonde ninguém quer que ele vá. Mas paciência tem limite, como desabafou um dos mais comedidos opositores do governo, Tasso Jereissati, senador do PSDB cearense: "O presidente está abusando da paciência ao fingir que não sabia de nada e ao adotar esse discurso de que os fatos são criados por uma oposição ressentida e pela imprensa. Exigimos que ele assuma sua responsabilidade. Assuma o papel de chefe. Chega de fingir que não sabe de nada, presidente! Chega de farsa!" Nos últimos dias, dois movimentos trouxeram a crise para ainda mais perto do presidente. Nas ruas voltaram a aparecer bandeiras, pichações e rostos de jovens pintados com as cores verde e amarelo, aquelas duas pinceladas paralelas que tanto simbolismo carregam na vida política nacional recente. Foram em 1984 o emblema do movimento diretas já, pela volta da eleição direta para presidente. Seis anos mais tarde, o símbolo foi apropriado por Fernando Collor em sua vitoriosa campanha presidencial. Em 1992, as ruas se encheram de estudantes caras-pintadas com o mesmo emblema bicolor, dessa vez em repúdio a Collor e suas manobras. As pinceladas verde-amarelas são agora apenas um aviso do grau de ebulição da crise e da inutilidade de o presidente tentar uma saída populista para seus problemas. Lula testou essa hipótese arriscada na semana passada. Falou que o país será obrigado a engoli-lo de novo e prometeu em palanque no Nordeste "mudar a economia e baixar juros". Ora, se fosse possível baixar juros por vontade pessoal e por decreto, ele já teria feito isso. Todo governante faria logo no primeiro dia de governo. Lula não acredita em mágicas na economia. É preocupante, portanto, que diga o contrário em palanque. Quando começa a falar coisas nas quais não acredita apenas para agradar à platéia, um político se diminui. Um presidente some. As pinceladas verde-amarelas nas ruas são um aviso, mas podem ser também uma via de mão dupla para Lula. Se ele interpretar corretamente os anseios das ruas, se salvará como o príncipe Calaf de Turandot. Caso não leia a mensagem verde-amarela é melhor mesmo deixar a vida levá-lo aonde ela decidir.




Escrito por christian theodore às 15h39
[] [envie esta mensagem]


 
   Um pouco de alegria!

TV Rá Tim Bum exibe primeiro filme 100% virtual



Divulgação

Habitantes do planeta Atenéia, que corre perigo

> link_fotos=''; link_tvuol=''; link_enquete=''; if (link_fotos != '' || link_tvuol != '' || link_enquete != ''){ document.write(''); document.write(''); if (link_fotos != ''){ document.write(''); document.write(''); document.write(''); } if (link_tvuol != ''){ document.write(''); document.write(''); document.write(''); } if (link_enquete != ''){ document.write(''); document.write(''); document.write(''); } document.write('
'); document.write(''); document.write('  Veja fotos
'); document.write('
'); document.write(''); document.write('  Assista na TV UOL
'); document.write('
'); document.write(''); document.write('  Enquete
'); document.write('
'); document.write(''); }

Da Redação

Neste sábado (6), a partir das 18h, o canal infantil TV Rá Tim Bum exibe o filme "Cassiopéia". Segundo seus produtores, trata-se do primeiro longa-metragem em todo o mundo com imagens 100% geradas pelo computador, sem o uso do escaner, de modelos reais ou outras técnicas.

É claro que isso deu um trabalhão. O filme começou a ser feito em 1992, com a modelagem dos personagens e cenários e a criação da história e do roteiro. Em 1993 começou o processo de animação, que só terminou em 1995. A trilha sonora ficou pronta no fim deste ano e, em janeiro de 1996, saía do forno a primeira cópia de "Cassiopéia".

O filme, produzido e dirigido por Clóvis Vieira, conta a história do pequeno planeta Atenéia, da constelação Cassiopéia. Seus habitantes vivem felizes e em harmonia, mas são ameaçados por invasores que querem roubar a energia de seu sol.

A princesa Lisa, cientista chefe do planeta, lança sinais de socorro para o espaço. Os heróis Chip e Chop recebem os sinais e pedem a ajuda de Leonardo e Galileu, dois aventureiros espaciais, para salvar o planeta Atenéia.

Veja mais sobre o filme no site oficial.


Escrito por christian theodore às 15h34
[] [envie esta mensagem]


 
  
História
Sexta, 5 de agosto de 2005, 10h48 
Os eventos que antecederam a bomba de Hiroshima
 
AP
O cogumelo de devastação de 9 mil metros de altura de Hiroshima

  
Os eventos que antecederam a bomba atômica em Hiroshima e Nagasaki

17 de dezembro de 1938: Os cientistas alemães Otto Hahn e Fritz Strassmann conseguem dividir com sucesso um átomo, iniciando o programa alemão de desenvolvimento de armas atômicas.

2 de agosto de 1939: O cientista Albert Einstein alertou o presidente americano Franklin D. Roosevelt sobre a possibilidade da bomba nuclear alemã e pediu que as pesquisas sobre o assunto fossem adiantadas.

Junho de_1942: Os Estados Unidos iniciam seu próprio programa secreto para desenvolver armas atômicas, o chamado projeto Manhattan, coordenado pelo físico Robert Oppenheimer.

2 de dezembro de 1942: Enrico Fermi e outros cientistas produzem a primeira reação nuclear em cadeia controlada na Universidade de Chicago.

16 de julho de 1945: Os Estados Unidos conduzem o primeiro teste de explosão nuclear em Alamogordo, Novo México.

26 de julho de 1945: Aliados exigem que o Japão renunciem imediatamente e incondicionalmente. O presidente americano Harry Truman anuncia ao líder soviético Joseph Stalin que Estados Unidos possuem a bomba atômica.

6 de agosto de 1945: O avião americano B-29 Enola Gay larga uma bomba atômica de urânio, apelidada de Little Boy, sobre Hiroshima. A explisão mata um total de 140 mil pessoas.

9 de agosto de 1945: Uma segunda bomba atômica americana, contendo plutônio, atinge Nagasaki, matando cerca de 80 mil pessoas.
 

AP


Escrito por christian theodore às 15h18
[] [envie esta mensagem]


 
   Imagem da tragédia da bomba atômica

Imagens da bomba de Hiroshima
Foto: AP
Japão, 05/08/2005 - A bomba que caiu em Hiroshima causou instantaneamente 78 mil mortes


Escrito por christian theodore às 15h05
[] [envie esta mensagem]


 
   O povo bélico!

História
Sexta, 5 de agosto de 2005, 19h19  Atualizada às 23h49
Após 60 anos, 57% dos americanos apóiam bomba contra Hiroshima
 
Galerias de fotos
» Japão lembra 60 anos de Hiroshima
» Imagens da bomba de Hiroshima
» Hiroshima se prepara para lembrar 60 anos de bomba
» Mangá retrata a tragédia de um menino de Hiroshima
» O navegador e o avião que levaram a bomba
» Os eventos que antecederam a bomba de Hiroshima
» Japão lembra os 60 anos da bomba de Hiroshima
» Annan adverte contra "proliferação nuclear"
» Koizumi reafirma compromisso com o desarmamento nuclear
» Hiroshima homenageia mortos por bomba atômica
  
Passados 60 anos desde que os Estados Unidos lançaram bombas atômicas sobre as cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki para pôr fim à Segunda Guerra Mundial, a maior parte dos norte-americanos concorda com a decisão de usar as armas naquele momento, mostrou uma pesquisa de opinião.


Escrito por christian theodore às 15h03
[] [envie esta mensagem]


 
   O povo bélico!

História
Sexta, 5 de agosto de 2005, 19h19  Atualizada às 23h49
Após 60 anos, 57% dos americanos apóiam bomba contra Hiroshima
 
Galerias de fotos
» Japão lembra 60 anos de Hiroshima
» Imagens da bomba de Hiroshima
» Hiroshima se prepara para lembrar 60 anos de bomba
» Mangá retrata a tragédia de um menino de Hiroshima
» O navegador e o avião que levaram a bomba
» Os eventos que antecederam a bomba de Hiroshima
» Japão lembra os 60 anos da bomba de Hiroshima
» Annan adverte contra "proliferação nuclear"
» Koizumi reafirma compromisso com o desarmamento nuclear
» Hiroshima homenageia mortos por bomba atômica
  
Passados 60 anos desde que os Estados Unidos lançaram bombas atômicas sobre as cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki para pôr fim à Segunda Guerra Mundial, a maior parte dos norte-americanos concorda com a decisão de usar as armas naquele momento, mostrou uma pesquisa de opinião.


Escrito por christian theodore às 15h03
[] [envie esta mensagem]


 
   OLha a cara do imério americano!

Manifestos pelo mundo lembram Hiroshima
Foto: AP
Alemanha, 06/08/2005 - Ativistas do Greenpeace ergueram a Estátua da Liberdade americana dentro de uma bomba atômica em manifestação em frente à embaixada americana em Belrim


Escrito por christian theodore às 14h57
[] [envie esta mensagem]


 
   Para nunca esquecermos

Hiroshima, 1945
06.ago.2005
EFE
Foto aérea mostra efeitos da bomba atômica sobre hiroshima




  
type=text/javascript>document.write(' name=albx src="historia_album-hit.htm" width="0" height="0" frameborder="0">'); name=albx src="historia_album-hit.htm" frameBorder=0 width=0 height=0>

Escrito por christian theodore às 14h40
[] [envie esta mensagem]


 
   Viva a Bravo!

Um comentário meu publicado na web sobre a revista Bravo!
2 Christian theodore 06/Fev 11:51
A revista bravo com a edição compilada de todas as revistas criou uma enciclopédia em cd-rom maravilhosa. Essa revista não pode acabar nunca é uma resistência cultural no meio do óasis da política brasileira, autores de origem universitaria valorizando diversos nomes brasileiros da arte nacional e internacional muitas vezes desconhecido mesmo do público chamado letrado. Viva a Bravo!


Escrito por christian theodore às 21h27
[] [envie esta mensagem]


 
   Bordel ficará perto da concentração dos jogadores será que eles se concentrarão?

29/07/2005 - 19h59
Maior bordel da Alemanha ficará próximo a estádio da Copa

Da Redação

A menos de um ano da Copa do Mundo de 2006, todos os setores da economia alemã já estão no aquecimento. De olho nos clientes --e nos lucros-- que virão com o evento, o Artemis, maior bordel do país, está prestes a inaugurar um grande prédio, com 60 quartos e reservados, com capacidade para 600 clientes -- suficientes para 54 times de futebol.

Com cerca de 100 prostitutas, o bordel tem localização estratégica, a apenas 25 minutos a pé do estádio de Berlim. Não vai faltar diversão para os clientes. Além das prostitutas e dos serviços de quarto, a casa terá bar, pista de dança, sauna, massagens, sex-shop e salas de cinema.

A entrada do Artemis, que será inaugurado em setembro, custará 100 euros (cerca de R$ 300), sem contar os serviços de sexo, afirma um jornal local. De acordo com o proprietário do bordel, o advogado Norman Jacob, "as mulheres têm tarifas individuais", a partir de 50 euros, sem contar extras.

O objetivo do proprietário é monopolizar a sacanagem na Copa, oferecendo um lugar "mais limpo, luxuoso e maior" que a maioria dos locais deste gênero que existem na cidade. Até as autoridades aprovam a idéia: o setor policial, segundo o jornal, acredita que a iniciativa facilitará o controle da prostituição. O Editor do UOL Tablóide também aprova esta iniciativa, que deve gerar muitos empregos para as mães dos árbitros de futebol.

Mas nem todos os alemães vestem a camisa do bordel. Veit Hoffmann, pastor protestante do bairro de Neukoelln, disse ao jornal que este fluxo de clientes é desumano e aconselha os homens a buscar uma mulher de sua escolha fora destes "supermercados do sexo".

Fonte: EFE

  
src="http://indice.uol.com.br/upsi_toolbar.js"> > upsiToolBar('ico_indice.gif|/tabloide/tabloideanas|ÍNDICE DE TABLOIDEANAS','ico_imprimir.gif|javascript:printThis()|IMPRIMIR','ico_enviaremail.gif|javascript:document.email.submit()|ENVIE POR EMAIL');



Escrito por christian theodore às 21h02
[] [envie esta mensagem]


 
   Estudantes cagam, mijam e vomitam em protesto escatológico!

04/08/2005 - 16h21
Estudantes defecam, urinam e vomitam durante protesto contra reitor da Unesp

Que mostrar os peitos, que nada. Em tempos politicamente corretos, o que não falta é manifestação contra os transgênicos, a favor das baleias, contra os políticos, a favor dos pandas vermelhos da Malásia. Por isso, ativista político que se preze tem que inovar na hora de chamar a atenção para a sua causa. Foi o que fez um grupo de estudantes da Unesp (Universidade Estadual Paulista) de Franca, no interior paulista, em protesto diante do reitor Marcos Macari.

O leitor bem sabe que escatologia não está entre os assuntos preferidos do Editor do UOL Tablóide. Até o dicionário foi consultado, na busca de palavras menos, digamos, diretas. Mas não houve jeito. Eis a verdade nua, crua e fedida: os estudantes defecaram, urinaram e vomitaram no salão outrora nobre da universidade, na frente do reitor.

O grupo era formado por sete estudantes do curso de História. No meio de uma reunião em que Macari discursava sobre os projetos para a cidade, os universitários interromperam e, antes de executar o ato mal-cheiroso, bradaram: "Caríssimo reitor: vamos mostrar toda a realidade do campus". Então, a merda foi feita. Deve ser por isso que dizem que uma imagem vale mais que mil palavras.

Os estudantes alegaram que o protesto foi uma "intervenção artística", planejada durante dois meses. O reitor parece não ter achado muita graça na lambança toda e pode expulsar os porquinhos da Unesp. Apesar do grau universitário dos protestantes, o Editor do UOL Tablóide nunca teve notícia de protesto mais sem-educação.

Fonte: Folha Online

  
src="http://indice.uol.com.br/upsi_toolbar.js"> > upsiToolBar('ico_indice.gif|/tabloide/tabloideanas|ÍNDICE DE TABLOIDEANAS','ico_imprimir.gif|javascript:printThis()|IMPRIMIR','ico_enviaremail.gif|javascript:document.email.submit()|ENVIE POR EMAIL');



Escrito por christian theodore às 21h00
[] [envie esta mensagem]


 
   Rio pó está cheio de cocaína

05/08/2005 - 19h18
Cientistas garantem: rio Pó está cheio de cocaína!

Da Redação

O Editor do UOL Tablóide sua a camisa em busca de notícias divertidas para entreter seus estimados leitores. Nem sempre a tarefa é fácil. Mas há vezes -- raras, que fique claro -- em que o mundo dá uma forcinha e entrega de mão beijada uma piada pronta.

Aconteceu na Itália. Cientistas detectaram uma alta concentração de cocaína no rio Pó, o maior do país. Eu vou repetir para não haver dúvidas: o rio Pó está cheio de cocaína.

Segundo pesquisadores, o equivalente a cerca de US$ 400 mil de pó (cocaína) circulam pelos 652 quilômetros do Pó (rio) por dia. O cálculo é feito a partir da quantidade de benzoilecgonina urinária encontrada na água.

"O método testado aqui... pode ser redefinido para se tornar uma ferramenta objetiva e padronizada para monitorar o uso de drogas", disseram os pesquisadores no estudo, liderado pelo cientista Ettore Zuccato, do Instituto de Pesquisa Farmacológica Mario Negri.

Levando-se em conta a concentração da droga, níveis da água e populações nos diferentes locais de onde são retiradas as amostras, o estudo concluiu que a média diária de uso de cocaína ao longo do Pó era equivalente a pelo menos 22-32 doses por dia para 1.000 adultos jovens.

O Editor do UOL Tablóide comemora mais esta contribuição da ciência para o jornalismo humorístico.



Escrito por christian theodore às 20h58
[] [envie esta mensagem]


 
   Nossa Senhora!



    Escrito por christian theodore às 20h50
    [] [envie esta mensagem]


     
       Beleza típica da mulher brasileira

    border=0 marginWidth=0 marginHeight=0 src="http://ad.br.doubleclick.net/adi/br.terra.thegirl/geral;dcopt=ist;ga=ocio_br;niv=0;sz=468x60;tile=1;ord= language='JavaScript'>document.write(Num)?" frameBorder=no width=468 scrolling=no height=60>
      La Mirella


      Escrito por christian theodore às 20h49
      [] [envie esta mensagem]


       
         Beleza euro-brasileira masculina

      border=0 marginWidth=0 marginHeight=0 src="http://ad.br.doubleclick.net/adi/br.terra.theboy/geral;dcopt=ist;ga=ocio_br;niv=0;sz=468x60;tile=1;ord= language='JavaScript'>document.write(Num)?" frameBorder=no width=468 scrolling=no height=60>


        Escrito por christian theodore às 20h43
        [] [envie esta mensagem]


         
           Diogo skatista!

        border=0 marginWidth=0 marginHeight=0 src="http://ad.br.doubleclick.net/adi/br.terra.theboy/geral;dcopt=ist;ga=ocio_br;niv=0;sz=468x60;tile=1;ord= language='JavaScript'>document.write(Num)?" frameBorder=no width=468 scrolling=no height=60>


          Escrito por christian theodore às 20h40
          [] [envie esta mensagem]


           
             O sono de Diogo

          border=0 marginWidth=0 marginHeight=0 src="http://ad.br.doubleclick.net/adi/br.terra.theboy/geral;dcopt=ist;ga=ocio_br;niv=0;sz=468x60;tile=1;ord= language='JavaScript'>document.write(Num)?" frameBorder=no width=468 scrolling=no height=60>


            Escrito por christian theodore às 20h38
            [] [envie esta mensagem]


             
               Humor 2

            Arte Erótica

            Museu de arte erótica


            Posted by salandpimenta


            Escrito por christian theodore às 20h02
            [] [envie esta mensagem]


             
               Humor

            Fabrica de bonecas

            Fabrica de bonecas


            Posted by salandpimenta at


            Escrito por christian theodore às 20h01
            [] [envie esta mensagem]


             
               Aviso aos navegantes

            Esse Blog apartir desses tempos resolveu ser mais ousado. Como artista que sou resolvi publicar um pouco da beleza do corpo humano em arte com modelos vivos como também por inspiração no corpo de homens e mulheres que transbordam e transpiram sensualidade! Como sabem também sou artista e não serei nem um pouco moralista embora os administradores desse blog tenham censurado uma bela foto artística de nu, publicada por mim! Nada de pornografia ainda estou investigando a arte erótica!

            Escrito por christian theodore às 19h50
            [] [envie esta mensagem]


             
               Só tem popozuden! A bela Mirella, colírio para os olhos!



            Escrito por christian theodore às 19h40
            [] [envie esta mensagem]


             
               Professor cura feridas de alunos lambendo-as!

            Mundo
            Sexta, 5 de agosto de 2005, 15h14  Atualizada às 17h18
            Professor é advertido por lamber feridas de aluno
             

              
            Um conselho estadual decidiu reprimir publicamente um professor e treinador de futebol de escola de ensino médio nos Estados Unidos por lamber ferimentos com sangue de vários estudantes. A Comissão de Padrões e Práticas de Professores do Oregon colocou Scott Reed em provação por dois anos.

            Os detalhes do caso estão disponíveis no site da comissão e serão enviados para todas as escolas do Estado. Scott Reed deve assistir a aulas sobre os riscos de contaminação pelo sangue nos próximos dois meses e prestar conta de sua presença à comissão.

            Reed admitiu que lambeu o sangue de machucados do joelho de um corredor, do braço de um jogador de futebol e da mão de um estudante do 2º grau. Não foi esclarecido por que razão o professor tinha esse hábito.
             



            Escrito por christian theodore às 19h29
            [] [envie esta mensagem]


             
               Collor e a inspiração para o mensallão

            COINCIDÊNCIAS INDUSTRIAIS?


            > dataPost = "04/08/2005"; if (dataPost != "") {document.write("04/08/2005");} else {document.write("04/08/2005"); } 04/08/2005 às 22h04 - Marcelo Tas - 33 comentários
             envie esta mensagem



            Escrito por christian theodore às 19h23
            [] [envie esta mensagem]


             
               A putaria do Pt

            05/08/2005 ¦ 16:01

            Em homenagem a Silvinho Land Rover

            Deliciosa história publicada ontem pelo jornal O Estado de São Paulo na sua primeira edição. Nas edições seguintes foi substituída para outra.

             

            "As 23 moças eram muito formosas e atraentes, atesta quem as viu naquela tarde/noite de outubro de 2003, uma terça-feira, pegando um vôo de fim de tarde, em Congonhas, no rumo de Brasília. Ao desembarcarem na capital, o séquito de belas podia parecer uma matilha de modelos a caminho de um desfile de modas; mas não pareceu. Tanto foi assim que o condutor das moças, incomodado com a atenção que elas atraíam no aeroporto, tentou levá-las rapidamente para o micro-ônibus fretado.

             

            No caminho, o grupo se encontrou com o advogado Antônio Carlos Almeida Castro, o Kakay, amigo dileto do então poderoso ministro José Dirceu. Contam que um constrangido Kakay cumprimentou uma por uma e, ao final, bateu em retirada.

             

            As moças foram conduzidas à suíte presidencial do Hotel Gran Bittar, como a principal atração de uma comemoração especial em homenagem ao então secretário-geral do PT, Silvio Pereira.

            A festa tinha dois estilos, cada uma delas postado num andar da suíte presidencial.

             

            No andar de baixo, o 13º do hotel, funcionava a festa light, que contava, inclusive, com a presença de circunspectas petistas do sexo feminino, onde eram servidos drinques e se falava de poder, de política e do partido; no de cima, a cobertura do prédio, rolava a festa heavy, com as 23 formosas e atraentes moças, indicadas pelos gêmeos Gustavo e Flávio, que se notabilizaram no programa Casa dos Artistas, do SBT. Na porta da escada para o 14º andar, um segurança filtrava quem podia passar.

             

            A festa ameaçava ir bem mais longe do que prometia uma modorrenta terça-feira brasiliense. O formalismo do 13º andar foi quebrado repentinamente pelo toque do telefone celular do homenageado, o então secretário-geral Silvio Pereira. Era um chamado urgente do 4º andar do Palácio do Planalto. "O ministro vai falar", disse a secretária. Quem estava perto de Silvio não ouviu a parte de lá do curto diálogo, mas conta que o interlocutor gritava e que o secretário ficou roxo.

             

            Incontinenti, Silvinho pegou pelo braço o então tesoureiro Delúbio Soares, obrigou-o a deixar o charuto Cohiba no primeiro cinzeiro, e voou com ele da festa, elevador abaixo. Para eles, a festa, mal começada, chegava ao fim. A versão "de dentro" conta que, tão logo constatou a presença das formosas e atraentes 23 convidadas, Kakay dedurou tudo a quem de direito. E "quem de direito" ligou para Delúbio e pôs o trem nos trilhos: "Saiam daí já, seus malucos".

            Enviada por: Ricardo Noblat


            Escrito por christian theodore às 19h19
            [] [envie esta mensagem]


             
               diga não a pizza!

             
             


            Escrito por christian theodore às 11h21
            [] [envie esta mensagem]


             
               Cinema

            Estréias da semana
            Divulgação
            Do mesmo diretor de A Viagem de Chihiro, estréia na cidade a animação O Castelo Animado
            O nome mais importante da animação no Japão chega com mais uma novidade. Mais conhecido pelo excelente A Viagem de Chihiro, Hayao Myiazaki dirige O Castelo Animado, uma das seis estréias da semana. O longa conta a história de uma jovem que, depois de amaldiçoada, se transforma em uma velha de 90 anos. Ela foge desesperada e vai parar em um castelo mágico, onde passa a trabalhar como doméstica e a se envolver com os demais moradores do local.

            Animado também é o drama 9 Canções. Não como gênero, mas como história. O filme, que foi exibido no FicBrasília, utiliza cenas de sexo explícito. A trama se passa em Londres e mostra o relacionamento de um jovem casal, que divide o tempo entre o sexto e os shows de rock, como Franz Ferdinand, Super Furry Animal, Von Bondies, Primal Scream, entre outros da cena. Para despudorados, sem dúvida.

            Também exibido no FicBrasília, o espanhol Inconscientes entra no circuito comercial. A comédia acompanha o drama de uma mulher de um psiquiatra. Grávida, ela é abandona pelo marido, mas tudo mostrado com humor inteligente.

            Completam a lista das novidades o documentário brasileiro O Cárcere e a Rua, o drama francês Clean e a ficção científica A Ilha.

            Do CorreioWeb



            Escrito por christian theodore às 11h13
            [] [envie esta mensagem]


             
               A lista do mensalão!

            Terça, 2 de agosto de 2005, 08h12
                        Veja a lista dos sacadores autorizados pelo PT


                  A gerente financeira da SMP&B, Simone Vasconcelos, entregou
            ontem à Polícia Federal, uma lista de 31 nomes na qual estão
            discriminados sacadores e beneficiários, autorizados pelo PT, de R$
            55,8 milhões retirados das contas do empresário Marcos Valério
            Fernandes de Souza.
                  » Segundo a o jornal Folha de S.Paulo, a lista foi feita a
            partir de anotações do empresário Marcos Valério. Entre os
            destinatários do dinheiro sacado, diretamente ou por meio de
            assessores ou familiares estão:

                  Deputado João Paulo Cunha (PT-SP) - R$ 200 mil
                  Deputado Paulo Rocha (PT-PA) - R$ 920 mil
                  Deputado João Magno (PT-MG) - R$ 350 mil
                  Deputado Vadão Gomes (PP-SP) - R$ 3,7 milhões
                  Deputado Josias Gomes (PT-BA) - R$ 100 mil
                  Deputado Romeu Queiroz (PTB-MG) - R$ 350 mil
                  Deputado Professor Luizinho (PT-SP) - R$ 20 mil
                  Deputado José Borba (PMDB-PR) - R$ 2,1 milhões
                  Deputado José Janene (PP-PR) - R$ 4,1 milhões
                  Deputado Carlos Rodrigues (PL-RJ) - R$ 400 mil
                  Valdemar Costa Neto (PL-SP) - R$ 10,8 milhões
                  Diretório nacional do PT - R$ 4,9 milhões
                  Diretório do PT no Distrito Federal - R$ 605 mil
                  Diretório do PT no Rio Grande do Sul - R$ 1,2 milhão
                  Diretório do PT no Rio de Janeiro - R$ 2,67 milhões
                  Diretório do PT em Santa Catarina - R$ 550 mil
                  Zilmar Fernandes da Silveira (sócia do publicitário Duda
            Mendonça) - R$ 500 mil
                  Outros ligados a Duda Mendonça - R$ 15 milhões
                  Deputado estadual do Ceará José Nobre Guimarães (irmão do
            ex-presidente do PT José Genoino) - R$ 250 mil
                  Emerson Palmieri (tesoureiro informal do PTB) - R$ 2,4 milhões
                  José Carlos Martinez (presidente do PTB que morreu em acidente
            aéreo) - R$ 1 milhão
                  Outro deputado petebista - R$ 418 mil
                  Márcio Lacerda (Secretário-executivo do ministro Ciro Gomes
            (Integração Nacional) - R$ 1 milhão



                  Redação Terra




            Escrito por christian theodore às 11h01
            [] [envie esta mensagem]


             
               A bomba atômica faz aniversário!

            04/08/2005 - 19h57
            Relembrando o holocausto de Hiroshima: uma jornada pessoal através da dor

            HIROSHIMA, Japão, 4 ago (AFP) - O primeiro ataque nuclear foi imortalizado nos museus, livros e filmes mas para muitos, o holocausto de Hiroshima representa uma luta pessoal, uma opção entre despertar memórias dolorosas ou deixá-las adormecidas.

            Para Keiji Nakazawa, em cujos trabalhos está incluída o aclamado mangá, a revista em quadrinhos japonesa, "Barefoot Gen," desenhar qualquer coisa sobre o ataque atômico ocorrido há 60 anos foi como passar por tudo aquilo novamente.

            "Eu estava escrevendo Barefoot Gen para uma revista semanal, e foi como estar aprisionado nas terríveis memórias da explosão atômica semana após semana. Foi muito doloroso." disse Nakazawa, 66.

            Ele perdeu o pai, a irmã e um irmão mais novo de uma só vez no ataque nuclear do dia 6 de agosto de 1945, que matou cerca de 140.000 pessoas em Hiroshima.

            Enquanto narra os momentos vividos pelo menino de seis anos Gen, são retratados alguns dos mais nítidos e chocantes efeitos do bombardeio como as imagens dos corpos derretidos e queimados.

            "Gen sou eu. Eu escrevi o que eu vi e não quis abrandar a guerra e o sofrimento humano. Enquanto pessoalmente eu quero ficar distante da experiência atômica o máximo possível, acredito que uma história em quadrinhos seja uma ferramenta para lembrarmos a experiência da guerra", disse Nakazawa. Como o menino da revista, Nakazawa com seis anos tentou em vão resgatar seu pai, sua irmã e seu irmão que estavam presos em sua casa destruída após o ataque. Enquanto a fúria das chamas invadia a casa, o autor e a mãe grávida assistiam a seus entes queridos morrerem sem poder fazer nada. Dias depois, Nakazawa voltou à casa queimada e achou três esqueletos.

            O livro vendeu mais de seis milhões de exemplares no Japão desde sua primeira publicação, em 1975, e foi traduzido para o inglês, o francês, o alemão, o indonésio, o coreano e o russo.

            "Eu quero que os meus leitores se levantem contra a guerra e as armas nucleares", disse Nakazawa.

            -- O diretor de cinema --

            Para o diretor Kazuo Kuroki, 74, realizar filmagens sobre a guerra, incluindo Hiroshima, foi um esforço agonizante para superar seu sentimento de culpa. Ele fugiu quando seus colegas de classe morreram em um ataque aéreo ao sul da ilha de Kyushu em 1945. "Sempre me senti culpado por ter sobrevivido ao ataque aéreo americano. Estava trabalhando em uma fábrica construindo aviões de guerra e de repente as forças americanas nos atacaram. Eu corri e corri e corri," disse Kuroki.

            "Vi meus amigos ajudando os que estavam morrendo mas continuei correndo. Um total de 11 colegas de classe foram mortos. Fiquei muito traumatizado com a experiência. Mas é meu dever como sobrevivente de guerra contar estas dolorosas histórias."

            Kuroki disse que foi muito influenciado pelos filmes franceses incluindo o de Alain Resnais "Hiroshima Mon Amour", de 1959, uma história baseada no romance de Marguerite Duras que narra a história de amor entre uma mulher francesa e um homem japonês na cidade devastada.

            O último filme de Kuroki, "A face de Jizo", narra a luta de uma jovem mulher para superar sua culpa por ter sobrevivido ao bombardeio atômico e sua jornada em busca de amor e felicidade.

            Baseado no trabalho do renomado escritor e ativista da paz japonês Hisashi Inoue, o filme, lançado em 2004, conquistou 16 prêmios de cinema no Japão e foi exibido na China e nos Estados Unidos.

            "O tema do livro é a coragem de viver. Como a personagem feminina no filme, eu, também, tenho que viver enquanto guardo enorme culpa pelos meus amigos mortos," disse Kuroki.

            -- O curador de museu --

            Para Minoru Hataguchi, ser o diretor do Memorial da Paz de Hiroshima o forçou a enfrentar a lembrança mais dolorosa da guerra: a perda de seu pai no ataque nuclear antes mesmo de ter nascido. "Quando nasci, eu não tinha meu pai. Por toda minha vida, tentei evitar a questão do bombardeio atômico," disse Hataguchi, 59.

            O corpo do pai foi vaporizado, e as únicas lembranças dele foram a fivela queimada do cinto e um relógio de bolso, que sua mãe descobriu na estação de trem quatro dias depois do bombardeio e que foram enterrados simbolicamente na ausência do corpo. Hataguchi trabalhava no gabinete de educação, saúde pública e coleta de impostos da cidade quando o prefeito o escolheu em 1997 para dirigir o museu. Ele se sentiu completamente despreparado.

            "Como diretor do museu, tive que falar sobre a paz. Mas sendo honesto, não sabia o que dizer. Meus colegas sugeriram que eu falasse sobre meu pai," disse ele.

            "Foi extremamente doloroso falar dentro e fora de casa sobre minha própria experiência. Eu até escavei a sepultura do meu pai para recuperar sua fivela e seu relógio de bolso e os exibi durante uma exposição sobre a bomba atômica na Índia", em 1998. Mas apenas alguns dias antes da exposição acabar, a Índia fez o seu primeiro teste nuclear e se auto-declarou uma potência atômica, iniciativa seguida rapidamente pelo rival Paquistão. "Eu me senti muito triste e desapontado. É muito difícil convencer os líderes mundiais de que as armas nucleares são horríveis e devem ser abolidas para o bem," disse Hataguchi. Construído em 1955, o museu possui uma coleção de cerca de 18.000 itens recolhidos após a explosão da bomba que vão de unhas queimadas a um relógio de bolso que aponta 8:15, momento em que a bomba atômica americana explodiu.

            A cada ano cerca de 1,1 milhão de pessoas visitam o museu da paz. Cerca de 10% delas são estrangeiras e a lista de visitantes inclui o Papa João Paulo II, o presidente cubano Fidel Castro, o guerrilheiro Che Guevara e o ex-primeiro ministro israelense Shimon Peres. Nenhum presidente americano jamais visitou o museu.

            "Quando eu falei ao Sr. Castro que Che Guevara havia visitado o museu, ele ficou surpreso. Eu também falei sobre como meu pai foi morto no bombardeio. Antes de partir, Sr. Castro me abraçou três vezes," disse Hataguchi.

            "Eu quero que os visitantes acreditem que o horror nuclear nunca deveria acontecer novamente. Se Hiroshima não serve como um apelo ao mundo contra as armas nucleares, o que então?"



            Escrito por christian theodore às 10h30
            [] [envie esta mensagem]


             
               60 anos da bomba atômica em Hiroshima e Nagasaki

            Imagens do dia
            05.ago.2005
            EFE
            Criança acende incensos em memorial da paz em Hiroshima, no Japão; a cidade relembra os 60 anos da bomba atômica
            Leia mais


            Escrito por christian theodore às 10h29
            [] [envie esta mensagem]


             
               ainda Carmem Miranda

            O último musical de Carmen no país chamou-se Banana da terra e ela cantou nele a canção de um jovem compositor baiano, Dorival Caymmi, intitulada O que é que a baiana tem? bolando para o número a estilização da baiana, cheia de frutas, balagandãns e salto plataforma, que faria imenso furor. Ela era danada: cantava, atuava, bailava e concebia moda. Com um contrato inicial de US$400 semanais seguiu para arrasar no Tio Sam. Suas apresentações foram vistas por vários artistas de Hollywood. Em pouco tempo, já estava completamente envolvida com muitos contratos para apresentações em casas noturnas, teatros e cinema. No Brasil isto gerava intensas polêmicas. Críticos cruéis chamavam-na de 'falsa baiana', além de insistirem em lembrar que era uma lusitana querendo dar uma de brasileira para gringo ver. Independente disso, os governos dos EUA e do Brasil se utilizavam dela para a manutenção de uma política de boa vizinhança em meio aos conflitos ideológicos da II Guerra Mundial, onde Getúlio Vargas tinha certa simpatia pelo lado alemão, para contrariedade do presidente Roosevelt. Nessas relações culturais acabamos por receber deles grande carga de longa-metragens e discos com seus crooners e orquestras de dança, antecipando o futuro aprofundamento dessa invasão em meados dos anos 50 com o rock' n' roll. De qualquer modo, conta-se que o próprio presidente indicou que Carmen deveria chegar na América do Norte portando casaco de pele e um grupo musical como acompanhante, que foi o Bando da Lua. Apesar de ser portuguesa de origem, era branca, bonita e cantava sambas com malicia, categoria e cheio de sotaque carioca da Lapa boêmia. Uma espécie de síntese ideológica de uma brasilidade desejada.

            Quando retornou pela primeira vez ao Brasil, esperando um caloroso reencontro, foi vaiada no Cassino da Urca, o que lhe marcou muito. Sua glória, incompreensivelmente para ela, incomodava. Luis Peixoto e Vicente Paiva escreveram por isso o clássico Disseram que eu voltei americanizada em 1940. Uma resposta à altura. Em 1943, com a carreira de vento em popa, cismada, decidiu fazer uma plástica no nariz para melhorar o perfil. Ano seguinte começava a declinar o momento dos musicais cinematográficos por outras linhas de filmes. Ela, por sua vez, não aturava mais a visão estereotipada de 'mulher latina' e cenários onde todos abaixo do Texas usavam sombreiro, poncho, tocam maracas etc.

            Dois anos depois, rompia o contrato com a Fox, por estar cheia de fazer papéis fracos, pretendendo criar sua própria produtora. Em meados dos 40 ela era, diga-se, a mulher que mais faturava nos EUA. Com Grouxo Marx gravou em 46 Copacabana, que acabou não tendo grandes diferenças quanto aos outros filmes menos brilhantes dos quais participou. Porém, nele conheceu David Sebastian, colocado no set como produtor-assistente. Em 1947, para desespero de um bom baiano radicado no Rio, tremendamente apaixonado por ela, o compositor Assis Valente, Carmen se casa com o norte-americano.

            Em 48, ela superlota o Palladium de Londres por dois meses. Em 53 está de novo na Europa fazendo grande e exaustiva excursão. Faz seu último filme, Morrendo de medo, pela Paramount. Segundo sua irmã Aurora, Sebastian foi o fim da linha para Carmen, acabando por mata-la de estafa, obcecado por faturar, aproveitando-se do fato dela ser uma viciada no batente. Por trás de todas aquelas cores e agitação estava uma garota com fraquezas e uma grande angústia por desejar ser mãe e não conseguir. Ainda segundo Aurora, Carmen com o tempo teria percebido o erro daquela união, não se separando, todavia, porque era católica convicta. Trabalhar mais ainda era sua solução. Em fins de 1954 Carmen retorna ao Rio para descansar de esgotamento nervoso. Cerca de um mês depois, janeiro de 55, reaparece em público num show do Copacabana Palace para delírio dos fãs. Volta para os EUA em abril para honrar compromissos. Vai durar pouco por lá. Em agosto desse ano a extraordinária estrela resplandeceu pela última vez em vida.

            Dicas:

            Confira as duas caixas de CDs levadas ao mercado inicialmente em 1996 e 98:

          • Carmen Miranda, 3 CDs pela BMG (antiga RCA) onde estão, entre outras, Chegou a hora da fogueira (Lamartine), Goodbye (Assis Valente), Alô, alô (André Filho), Isto é lá com Santo Antonio (Lamartine), Na batucada da vida (Ary e Peixoto) além das já citadas Os hôme implica comigo, Triste Jandaia e Tá hi. Sucessos de 1930 a 35.
          • Carmen Miranda, 5 CDs pela EMI (antigo selo Odeon) onde estão, entre outras, Adeus batucada (Synval Silva), Tique taque do meu coração (Alcir Pires Vermelho e Walfrido Silva), Balancê (João de Barro e Alberto Ribeiro), Cantores do rádio (Ribeiro, Barro e Lamartine), Como vaes você (Ary), No tabuleiro da baiana (Ary), Camisa listada (Assis Valente), ...E o mundo não se acabou (Assis Valente), Na baixa do sapateiro (Ary) e Uva de caminhão (Assis Valente). Clássicos de 1935 a 40.
          • Carmen Miranda pelo selo Revivendo, de Curitiba: dois volumes em coletâneas retiradas da RCA.
          • Odeon - 100 anos de música relançamento em CD de O que é que a baiana tem? e A nossa Carmen Miranda.
          • Na Internet veja http://www.sec.rj.gov.br/webmuseu/mcm.htm - Museu Carmen Miranda.


          • Escrito por christian theodore às 10h28
            [] [envie esta mensagem]


             
               50 anos da morte de Carmem Miranda

            50 anos sem
            Carmen Miranda

            (9/2/1909 - 5/8/1955)

            por José de Almeida Amaral Jr.

            Quando em agosto de 1955 o tic-tic-tac de seu coração se descompassou de vez e deu adeus à batucada da vida, saía de cena uma brilhante artista, consumida aos 46 anos de idade pela máquina das atribulações do show business, para surgir o mito que atravessaria gerações. Prova disto são os repertórios de nomes contemporâneos da MPB como Elis Regina, Nara Leão, Gal Costa e Ney Matogrosso que trazem consigo canções daquela que foi conhecida entre nós como 'A Pequena Notável' ou ainda, lá para as quebradas de Hollywood, 'the Brazilian Bombshell' onde, vira e mexe, lhe são prestados tributos, como no filme de 1987 Radio Days do ator, roteirista, diretor e clarinetista Woody Allen onde a atriz Denise Dumont lhe personifica. Com vocês, um patrimônio nacional, a mais brasileira das portuguesas, cheia de chica-chica-boom, aquela que mostrou ao mundo o que é que a baiana tem: Carmen Miranda.

            Do outro lado do Atlântico, na freguesia de São Martinho de Aliviada, concelho de Marco de Canavezes, distrito do Porto, em 9 de fevereiro de 1909 nasceu a menina Maria do Carmo Miranda da Cunha, filha do barbeiro José Maria Pinto Cunha e Maria Emília Barros de Miranda. Pouco depois, em 1911, como outros tantos milhares de patrícios, seu pai pegou um navio e deslocou-se ao Brasil junto com o cunhado, Antonio Barros, em busca de oportunidades de trabalho. Com algum tempo a sorte lhe sorriu e ele pôde então trazer a mulher para morar junto de si, na cidade do Rio de Janeiro. O casal teve ao todo seis filhos: Olinda, Maria do Carmo - apelidada de Carmen, com 'n' no final -, Amaro, Aurora, Cecília e Oscar.

            Desde garotinha, Carmen mostrava jeito para ser artista. Consta que aos 5 anos de idade, no aniversário do pai, cantou fados em sua homenagem. Aos 13 anos, aluna do colégio de freiras Santa Tereza, recitou para o rei da Bélgica, que visitava o país no Centenário da Independência. Segundo Aurora, irmã caçula, Carmen apesar de ser muito sapeca era também bastante católica e teria chegado até a pensar em entrar para o convento, o que não agradou ao pai. Com as crianças do bairro da Lapa, onde morou na adolescência, ela adorava brincar de teatrinho e, claro, cantar. Conta-se que Olinda, a primogênita, incentivava lhe ensinando as novas canções que caiam no gosto popular.

            Olinda, a melhor voz da família, trabalhava como costureira até quando contraiu uma tuberculose fatal. O período foi difícil e Carmen teve que sair do colégio para entregar marmitas e ajudar em casa, agora transformada em pensão na Travessa do Comércio, para aliviar a crise. Arranjou emprego, depois, como costureira numa loja de chapéus onde, habilidosa, passou a ganhar bem pelo serviço realizado. Um dos habituais freqüentadores da pensão era Aníbal Duarte, deputado baiano, que adorava ouvir Carmen. Em 1928, organizando uma festa junto do violonista Josué de Barros para o Instituto Nacional de Música, sugeriu a este que analisasse a menina para, se possível, aproveita-la no evento. Carmen, segura de si, rolou uma seqüência de tangos do repertório de Carlos Gardel, muito em voga naquele momento, além de algumas canções sertanejas, incluindo a toada Chora violão, do próprio Barros. Resultado: mais que se apresentar naquela festividade, Carmen foi levada em 1929 pelo violonista para os estúdios da Brunswick para gravar suas composições Se o samba é moda e Não vá sim'bora. Logo a seguir, aos 20 anos de idade, ela assinou com a iniciante RCA-Victor e registrou, ainda de Barros, a toada Triste Jandaia e o samba Dona Balbina. Curioso saber que, até então, os pais não tinham idéia que havia se tornado cantora, descobrindo apenas quando ela colocou o 78 rpm para rodar na sala da residência. O velho ficou uma fera com aquela baixinha de 1,53 metro. Porém, não tinha como segurar a sua sina.

            Em 1930, ao conhecer o compositor Joubert de Carvalho, ganhou dele uma marchinha feita especialmente para ela: Ta hi (Pra você gostar de mim). Foi o marco definitivo de sua ascensão. Vendeu 35 mil discos, o que era um assombro naquele tempo. Sua voz pequena, mas personal e cheia de molejo e ritmo, chamou a atenção do público numa época em que as gravações deixavam de ser mecânicas - o que para se fazer registros no acetato somente portando um vozeirão - para se tornar elétricas, facilitando a captação de sons menos intensos em volume. Mais que isso, ela era extremamente criativa, inventando gírias e expressões na fala. Expansiva e alegre, sabia como comunicar, desenvolvendo trejeitos, gestos e caras bem humoradas. Era uma show girl nata. Tornou-se 'a cantora com it na voz' sem precisar passar pelo vestibular do teatro de revista, que iniciava sua decadência, por onde se veiculavam as novidades e atuavam talentos como Aracy Cortes, uma precursora de Carmen, também cheia de requebros e maneiras, dançarina e cantora, de quem deve ter sofrido influência. Carmen trazia, no entanto, um ar de novidade, cheio de leveza e graça no cantar, sem a entoação lírica de Aracy naquela época. E imediatamente despertou a atenção. Em dois anos já estreava espetáculo internacional na Argentina e Uruguai sob a direção do radialista e compositor Almirante, codinome de Henrique Foréis Domingues. Extremamente profissional e dedicada, voltaria várias vezes a Buenos Aires onde tinha uma grande fã, a atriz Eva Duarte, futura esposa do presidente Juan Domingo Perón. Carmen foi a primeira artista a ter um contrato com o rádio, na Mayrink Veiga, quando apenas se pagavam cachês por apresentações eventuais.

            Carmen emplacava um sucesso após o outro. Foi provavelmente a maior cantora da 'era de ouro do rádio' no Brasil interpretando marchinhas, choros e sambas. Gravou com Pixinguinha a brejeira Os hôme implica comigo, assim como Perdi minha mascote com João da Bahiana e Quando você morrer com Donga, atuando assim, portanto, com a chamada Santíssima trindade do samba, além de dar força a carreira de compositores como Cartola, Ataulfo Alves e Synval Silva. Desta forma ela colaborou com a afirmação do gênero no país.

            As inovações da tecnologia chegavam também ao cinema que, deixando de ser mudo, passava a unir imagem e som. Em 1932 ela já estava sendo registrada num documentário intitulado O Carnaval cantado no Rio da V.R. Castro Produtora. Em 1935 a Cinédia lançava Alô, alô Brasil contendo apresentações de Francisco Alves, Mário Reis - outro inovador, cheio de bossa e pequena voz -, Aurora Miranda, sua irmã e, claro, Carmen. Os filmes se sucediam com grande sucesso, divulgando canções e astros da música, entre eles Dircinha Batista, Irmãs Pagãs, Joel e Gaúcho, Orlando Silva, Carlos Galhardo e compositores como Ary Barroso, Noel Rosa, Braguinha e Mário Lago. Carmen, além do cinema, trabalharia também em teatros acompanhada de sua irmã, Aurora, formando duetos inesquecíveis em meados dos anos 30. Em 1939 surgiu um convite para apresentar-se nos EUA. Ela que não era nem um pouco boba deixou o Cassino da Urca pela Broadway.



            Escrito por christian theodore às 10h27
            [] [envie esta mensagem]


             
               Bolsa para servidor público nos Estados Unidos

            Governo oferece bolsa nos EUA para funcionários públicos e do terceiro setor
            por: Julia Reis
            03/08/2005 09h41

            SÃO PAULO - Servidores públicos brasileiros e profissionais do terceiro setor poderão se candidatar a bolsas de estudos nos Estados Unidos. As vagas estão sendo oferecidas pela Comissão para Intercâmbio Educacional entre os Estados Unidos e o Brasil (Fulbright) em parceria com o governo federal.

            Os selecionados irão desenvolver atividades acadêmicas e práticas relacionadas a suas áreas de atuação durante onze meses, dentro de faculdades estrangeiras.

            O programa oferece seguro-saúde, passagens de ida e volta aos Estados Unidos, bolsa mensal entre US$ 1,2 mil e US$ 1,7 mil e pagamento das taxas e anuidade escolares.

            Requisitos
            Para participar da seleção, o profissional deve ter cinco anos de experiência; domínio da língua inglesa e vínculo empregatício com órgão do Executivo, Legislativo, Judiciário ou terceiro setor (organizações privadas sem fins lucrativos que geram bens e serviços).

            Os candidatos devem atuar nas áreas de administração, políticas públicas, meio ambiente, saúde, direitos humanos, economia, jornalismo, educação e segurança nacional. Além disso, é imprescindível ter prestado o Test of English as a Foreign Language (TOEFL) e obtido pelo menos 195 pontos.

            Não poderão concorrer pessoas com dupla nacionalidade (brasileira e norte-americana); com curso de graduação inferior a quatro anos; que tenham estudado em universidade norte-americana nos últimos sete anos ou ficado até seis meses nos Estados Unidos nos últimos cinco anos.

            As inscrições podem ser realizadas pelo endereço eletrônico fulbright@fulbright.org.br até 1º de setembro. No campo assunto do e-mail deve constar a candidatura Humphrey 2006-07. Mais informações estão disponíveis no site da Fulbright .


            Escrito por christian theodore às 10h42
            [] [envie esta mensagem]


             
               Isso foi escrito por um deputado do PPS pasmem!

            Data: 2/8/2005
            Seção: Brasil
            Coruja: O Globo dignifica a imprensa brasileira
                 “Irineu Marinho entregou-se ao fascínio que a imprensa exerce sobre todos os povos e ofereceu inicialmente ao Rio de Janeiro a primeira edição do jornal O Globo, dando início ao nascimento de uma corporação que hoje leva a todo país o melhor em informação e debates”, disse o deputado Fernando Coruja (PPS-SC) na sessão solene da Câmara desta terça-feira em homenagem aos 80 anos do jornal.
                 
                 O deputado também destacou a atuação do jornalista Roberto Marinho, filho do fundador, que deu prosseguimento ao ideal de seu pai. “O jornal continuou participando da vida carioca e foi, pouco a pouco, ocupando espaços maiores em todo o Brasil”, disse Coruja, ao ressaltar que O Globo é leitura indispensável, sobretudo pelas análises de seus editorais que “oferecem matéria para a reflexão e ação”.
                 
                 Coruja disse que o conjunto empresarial montado a partir do jornal se transformou num “autêntico império no mundo das comunicações” que “ultrapassou as fronterias nacionais”, levando imagens do cotidiano e ideário brasileiro. “Em nome do PPS, saúdo todos os profissionais que atuam no jornal, num trabalho que dignifica a imprensa brasileira”.
                 
            site do pps

            Escrito por christian theodore às 21h31
            [] [envie esta mensagem]


             
               prováveis recebedores do mensalão

            02/08/2005 ¦ 14:39

            O destino do dinheiro de Valério

             

            * Sócia do publicitário Duda Mendonça
            ** Irmão do ex-presidente do PT José Genoino
            *** Tesoureiro informal do PTB
            **** Presidente do PTB que morreu em acidente aéreo
            ***** Secretário-executivo do ministro Ciro Gomes (Integração Nacional)

             

            (A tabela acima foi feita pelo UOLi. Limitei-me a copiá-la.)E dinheirinho bão!



            Escrito por christian theodore às 21h16
            [] [envie esta mensagem]


             
              









            Escrito por christian theodore às 22h22
            [] [envie esta mensagem]


             
               Trabalho de Fernando Carpaneda



            Escrito por christian theodore às 22h20
            [] [envie esta mensagem]


             
               Barbie Girl



            Escrito por christian theodore às 22h15
            [] [envie esta mensagem]


             
               Falo a vós!

             Para vocês com carinho!

            Escrito por christian theodore às 22h05
            [] [envie esta mensagem]


             
               nudez



            Escrito por christian theodore às 21h56
            [] [envie esta mensagem]


             
               Esquerda do Pt

            Esquerda do PT
            01/08/2005


            Pelo menos 21 deputados da esquerda do PT se reúnem amanhã para decidir como formalizar a separação da bancada na Câmara. Segundo o presidente da Comissão de Constituição e Justiça(CCJ), Antônio Carlos Biscaia (PT-RJ), mais deputados devem se juntar esta semana aos 21 que já decidiram declarar independência. O nome do grupo será “PT Livre” ou “PT autêntico” e não deverá mais acatar deliberações da liderança.

            “Além disso iremos essa semana à Procuradoria Geral da República, à OAB e a todos os õrgãos representativos da sociedade para mostrar nossa posição favorável à investigação rigorosa de todo esse escândalo. Se tiver que cassar 20 ou 30 parlamentares, que seja. E se houver um acordão, reapresentaremos pedido no mesmo dia”, disse Biscaia.


            Escrito por christian theodore às 19h09
            [] [envie esta mensagem]


             
               CPI faz a primeira vítima!

            01/08/2005 - 16h00

            Costa Neto diz que recebeu dinheiro e renuncia a mandato de deputado federal

            Publicidade
            style="Z-INDEX: -10" marginWidth=0 marginHeight=0 src="http://ad.adnetwork.com.br/mfp/ad/rm/$d=181$p=25$s=4?" frameBorder=0 width=180 scrolling=no height=150> language="javascript1.1" type="text/javascript" src="http://ad.adnetwork.com.br/mfp/ad/script/$d=181$p=25$s=4">
            da Folha Online

            O presidente do PL, deputado Valdemar Costa Neto (SP), acusado de envolvimento no suposto esquema do "mensalão", renunciou nesta segunda-feira ao mandato de deputado federal como antecipou a colunista da Folha de S.Paulo Mônica Bergamo. Com isso, Costa Neto consegue manter seus direitos políticos e se livra de um eventual processo de cassação.

            Em seu discurso, o presidente do PL confirmou que recebeu dinheiro irregular do PT e disse que foi usado em despesas de campanha
            --seguindo discurso semelhante adotado pelo PT. "Fui induzido ao erro quando aceitei receber recursos destinados à campanha sem a devida documentação que oficializasse a doação."

            Sérgio Lima/FI
            O presidente do PL, Valdemar Costa Neto
            O presidente do PL, Valdemar Costa Neto
            "Neste momento, senhor presidente, assumo a única e absoluta responsabilidade por esse ato. Isso quer dizer que nenhum membro do Partido Liberal pode ser responsabilizado pelo que foi decidido ou praticado por mim", afirmou Costa Neto. "Para provar, sem qualquer subterfúgio perante a CPI e a Justiça, a boa-fé de meus atos e a inocência de parlamentares que compõem a base do Partido Liberal, comunico a mesa da Câmara a renúncia do meu mandato de deputado federal", acrescentou.

            Apontado pelo deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) como um dos envolvidos no esquema do "mensalão", Costa Neto entrou com representação no Conselho de Ética por quebra de decoro parlamentar. Segundo o presidente do PL, Jefferson fez as denúncias sem apresentar provas.

            Hoje, em seu discurso, Costa Neto reiterou contra Jefferson e disse que não vai retirar nenhuma acusação. "Não podemos permitir que um delinqüente que foi o primeiro a ser acusado nesta Casa possa sair livre das penas da lei e do julgamento político. Exijo que Roberto Jefferson sente na banca dos acusados para responder por seus crimes", disse Costa Neto.

            Na semana passada, cogitou-se a possibilidade de Costa Neto retirar a representação contra Jefferson. Em troca, o deputado fluminense não entraria com representações no mesmo conselho contra Costa Neto e os deputados José Dirceu (PT-SP) e Sandro Mabel (PL-GO).

            Mabel, que teve seu nome envolvido no esquema do "mensalão", também foi acusado de ter oferecido dinheiro para deputada Raquel Teixeira (PSDB-GO) trocar de partido.

            Ainda na semana passada, documentos em poder da CPI dos Correios e a lista de freqüentadores da agência do Banco Rural no Shopping Brasília indicaram que Antônio de Pádua de Souza Lamas, irmão do ex-tesoureiro do PL Jacinto de Souza Lamas, retirou R$ 350 mil no dia 7 de janeiro de 2004, quando era assessor da liderança do partido na Câmara.

            No último dia 20, Maria Christina Mendes Caldeira, ex-mulher de Costa Neto, disse ao Conselho de Ética que o presidente do PL recebeu recursos do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares e confirmou a existência do "mensalão".

            Maria Christina confirmou que Costa Neto e Delúbio Soares mantiveram vários encontros nos hotéis Grand Mercury (São Paulo) e Blue Tree (Brasília). "Sei que eles se encontravam nos hotéis porque o Valdemar me ligava do lobby, dizendo que estava esperando o Delúbio", disse à época.

            Com a renúncia, o presidente do PL perde o foro privilegiado e poderá responder à Justiça caso a CPI encontre provas de que ele cometeu algum ato ilegal.

            Ao deixar o Plenário, Costa Neto sinalizou que poderia apresentar novas denúncias. "Nesta semana, trarei novidades para vocês", disse aos jornalistas.



            Escrito por christian theodore às 18h12
            [] [envie esta mensagem]


             
              [ ver mensagens anteriores ]  
             
             



            Meu perfil
            BRASIL, Centro-Oeste, BRASILIA, CAMPUS UNIVERSITARIO, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese, Spanish, Sexo, Arte e cultura
            MSN - christiantheodore2004@yahoo.com.br


            HISTÓRICO
             26/09/2010 a 02/10/2010
             19/09/2010 a 25/09/2010
             06/06/2010 a 12/06/2010
             30/05/2010 a 05/06/2010
             23/05/2010 a 29/05/2010
             16/05/2010 a 22/05/2010
             25/10/2009 a 31/10/2009
             04/10/2009 a 10/10/2009
             20/09/2009 a 26/09/2009
             13/09/2009 a 19/09/2009
             30/08/2009 a 05/09/2009
             23/08/2009 a 29/08/2009
             16/08/2009 a 22/08/2009
             09/08/2009 a 15/08/2009
             02/08/2009 a 08/08/2009
             19/07/2009 a 25/07/2009
             12/07/2009 a 18/07/2009
             07/06/2009 a 13/06/2009
             31/05/2009 a 06/06/2009
             08/02/2009 a 14/02/2009
             17/08/2008 a 23/08/2008
             11/05/2008 a 17/05/2008
             09/12/2007 a 15/12/2007
             02/12/2007 a 08/12/2007
             18/11/2007 a 24/11/2007
             04/11/2007 a 10/11/2007
             28/10/2007 a 03/11/2007
             21/10/2007 a 27/10/2007
             14/10/2007 a 20/10/2007
             07/10/2007 a 13/10/2007
             30/09/2007 a 06/10/2007
             16/09/2007 a 22/09/2007
             26/08/2007 a 01/09/2007
             08/07/2007 a 14/07/2007
             27/05/2007 a 02/06/2007
             13/05/2007 a 19/05/2007
             29/04/2007 a 05/05/2007
             22/04/2007 a 28/04/2007
             25/03/2007 a 31/03/2007
             18/03/2007 a 24/03/2007
             04/03/2007 a 10/03/2007
             18/02/2007 a 24/02/2007
             04/02/2007 a 10/02/2007
             31/12/2006 a 06/01/2007
             17/12/2006 a 23/12/2006
             03/12/2006 a 09/12/2006
             26/11/2006 a 02/12/2006
             12/11/2006 a 18/11/2006
             30/04/2006 a 06/05/2006
             01/01/2006 a 07/01/2006
             25/12/2005 a 31/12/2005
             11/12/2005 a 17/12/2005
             04/12/2005 a 10/12/2005
             27/11/2005 a 03/12/2005
             20/11/2005 a 26/11/2005
             13/11/2005 a 19/11/2005
             06/11/2005 a 12/11/2005
             30/10/2005 a 05/11/2005
             23/10/2005 a 29/10/2005
             16/10/2005 a 22/10/2005
             09/10/2005 a 15/10/2005
             02/10/2005 a 08/10/2005
             25/09/2005 a 01/10/2005
             18/09/2005 a 24/09/2005
             11/09/2005 a 17/09/2005
             04/09/2005 a 10/09/2005
             28/08/2005 a 03/09/2005
             21/08/2005 a 27/08/2005
             14/08/2005 a 20/08/2005
             07/08/2005 a 13/08/2005
             31/07/2005 a 06/08/2005
             24/07/2005 a 30/07/2005
             17/07/2005 a 23/07/2005
             10/07/2005 a 16/07/2005
             03/07/2005 a 09/07/2005
             26/06/2005 a 02/07/2005
             19/06/2005 a 25/06/2005
             12/06/2005 a 18/06/2005
             05/06/2005 a 11/06/2005
             29/05/2005 a 04/06/2005
             22/05/2005 a 28/05/2005
             15/05/2005 a 21/05/2005
             08/05/2005 a 14/05/2005
             01/05/2005 a 07/05/2005
             24/04/2005 a 30/04/2005
             17/04/2005 a 23/04/2005


            CATEGORIAS
            Todas as mensagens
             Link
             política
             arte e teatro
             eu
             grattapersona
             Blogdobosque



            OUTROS SITES
             UOL - O melhor conteúdo
             BOL - E-mail grátis


            VOTAÇÃO
             Dê uma nota para meu blog!