politica&teatro
   Goiás rumo ao campeonato

Com dois gols do atacante Dodô, o Goiás derrotou a Ponte Preta por 4 a 1, neste sábado, no Serra Dourada, e alcançou a pontuação do vice-líder do Campeonato Brasileiro.

Com os mesmos 50 pontos de Corinthians e Fluminense, o time goiano leva desvantagem em relação ao time alvinegro paulista no número de gols marcados (59 a 44), mas supera o Fluminense por uma vitória (15 a 14). O líder é o Internacional, com 51.

O Goiás derrotou a Ponte Preta por 4 a 1, neste sábado, no Serra Dourada, e assumiu a vice-liderança do Campeonato Brasileiro.



Escrito por christian theodore às 19h33
[] [envie esta mensagem]


 
   James Dean


James Dean: 50 anos sem o eterno rebelde

29/09/2005 - 14h46

Da France Presse


AP
James Dean se tornou uma lenda, a personificação da rebeldia
LOS ANGELES (EUA) – Meio século depois de sua morte, milhares de pessoas, amigos e admiradores prestam homenagem à memória de James Dean, o ator que, apesar de sua fugaz passagem pelo mundo e de um curto legado cinematográfico, se tornou uma lenda, a personificação da rebeldia. "O problema de James Dean é que ele nos deixou cedo demais", disse Brian Jamieson, vice-presidente de eventos especiais dos estúdios Warner Bros., onde foram rodados os três últimos filmes que o jovem ator protagonizou antes de morrer, em 30 de setembro de 1955, aos 24 anos: Vidas Amargas (1955), Juventude Transviada (1955) e Assim Caminha a Humanidade (1956).

Os últimos dois estrearam depois de sua morte, ocorrida em um acidente quando dirigia seu Porche esportivo nas auto-estradas de Cholame (região central da Califórnia). A partir deste dia a imagem de Dean como um jovem de olhar incisivo, jaqueta de couro e cabelo cuidadosamente despenteado ficaria eternizada para sempre.

Em grande parte isto se deve ao trabalho de seu primo, Marcus Winslow Jr., encarregado de propagar sua imagem de seu escritório em Fairmount (Indiana, centro). "Faço o melhor para dar uma boa imagem dele", contou Marcus Winslow Jr. à AFP.

Nesta semana os Estados Unidos celebram a memória daquele que é uma de suas maiores lendas cinematográficas com festas, peças de teatro, conferências, uma missa especial no sábado na mesma igreja onde foram celebrados os funerais do ator.

Como acontece todo ano, a pequena cidade de Fairmount, de três mil habitantes, onde Dean passou a adolescência, lembra o aniversário de sua morte com um festival do qual participam entre 20 mil e 30 mil pessoas e vários eventos que se estenderão por toda a semana. O mundo se lembra dele como o rebelde James Dean, mas Fairmount o conheceu como Jim Dean, um jovem de fortes dotes atléticos. Winslow, hoje com 62 anos, o conheceu simplesmente como Jimmy e tem pouquíssimas lembranças do ano em que viveu com ele em uma fazenda de Fairmount. Jimmy ficou órfão de mãe aos 9 anos, razão pela qual teve que ir viver com a família de Winslow. "É difícil lembrar de tudo", lamenta, alegando que Jimmy era 12 anos mais velho.

Winslow lembra, sobretudo, dos anos em que assistia aos sucessos do primo na televisão e muito pouco depois dos funerais do jovem a quem considerava seu irmão mais velho.

Destaca, sobretudo, as facetas mais afetuosas do primo, a quem a maioria considerava um "rebelde sem causa", um belo sedutor, muito apaixonado, visionário e que protagonizou filmes que pareciam gestar o inconformismo dos anos 60.

Ainda hoje, as explicações para o magnetismo perene deste jovem nascido de uma família humilde de Marion, Indiana, geraram debates acalorados. Para o texano Bob Hinkle, que trabalhou com ele nas filmagens de Assim caminha a Humanidade e Juventude Transviada como professor de rodeio e de sotaque texano, foi um inovador. "Ele deu início a uma nova tendência", disse. 'Juventude Transviada', acrescentou, "foi o primeiro filme que mostrou um jovem contestando os pais".

Durante todo o processo das filmagens de Assim caminha a Humanidade, Dean se concentrou no personagem que interpretava, lembra Hinkle. "Queria ser texano 24 horas por dia", dizia Dean no set de filmagens, segundo Hinkle. "Comia galinha frita à moda texana e enrolava seu próprio fumo como um local", contou.

Noreen Nash, que interpretou Lona Lane em Assim Caminha a Humanidade, destaca a paixão do ator, que às vezes beirava à obsessão, o que o levou a enfrentar o diretor, George Stevens. "Jimmy queria sentir as coisas. Ele não se interessava só com as palavras. Houve um confronto de estilos", revelou Nash.

Earl Holliman, co-protagonista de "Assim caminha a Humanidade" ao lado de James Dean, considera que ele virou lenda por ter morrido muito jovem, no auge da carreira. "É muito romântico morrer tão jovem. É assim que se torna uma lenda", considerou.




Escrito por christian theodore às 17h31
[] [envie esta mensagem]


 
  

Essa eu tirei do Blog do Tas

BOA VIAGEM, CRIDÊ



Ronald Golias foi o primeiro artista de TV que vi ao vivo, dentro de um estúdio de TV.

Molequinho, enchi o saco dos meus pais para me levarem até o auditório da TV Tupi no Sumaré, onde hoje são os estúdios da MTV. Era um programa de humor, um pré-trapalhões, com a turma do Golias.

O cara é o nosso Groucho Marx. E também o nosso Buster Keaton. Humor físico e non-sense num só esqueleto.

Passou pela vida inquieto e generoso. Ofereceu o melhor de si para as câmeras. Foi embora e deixou o mistério sobre sua arte como fazem os grande comediantes.

Deus o abençoe.
Desejo o mesmo!



Categoria: arte e teatro
Escrito por christian theodore às 17h27
[] [envie esta mensagem]


 
   A Musa da CPI

01/10/2005 ¦ 16:21

Bomba!!!

Alguém duvida que a moça da foto desbancará qualquer outro assunto nas rodas de conversas políticas em Brasília na próxima semana? "A Musa das CPIs" se chama Camila Amaral, tem 25 anos e 53 quilos bem distribuídos em 1,68 de altura.

 

Até posar nua para a próxima edição da Playboy, foi o objeto de desejo de dez em cada 10 deputados e senadores que a observavam desfilando pelos corredores do Congresso ou entregando documentos à senadora Ideli Salvatti (PT-SC).

 

Para vê-la de perto, políticos, jornalistas e curiosos batiam à porta do gabinete da senadora a pretexto de qualquer coisa - ou de nada. Ideli era ouvida para tudo, consultada para tudo, só para que a turma pudesse dar uma espiadinha na Camila.

 

O assédio a Ideli caiu muito desde que se soube da decisão de Camila de pedir demissão do cargo de assessora de imprensa dela para poder brilhar na Playboy. Camila tem juízo. Sabe que sua vida se dividirá em antes e depois da Playboy.

 

A revista começará a circular nesta segunda-feira com 18 páginas de Camila nua. E como Camila poderia continuar circulando pelos corredores do Congresso depois disso? A não ser que providenciassem agentes de segurança para acompanhá-la.

 

Vai ter político e autoridade do governo disputando a tapa um convite para a festa de lançamento da edição da Playboy na próxima quarta-feira. Será aqui em Brasília. Com direito a comes e bebes, música, dança, e, é claro, Camila em pessoa.

 

Acho que o Blig do Noblat está fazendo escola com o meu, será que eles não censurarão as fotos?



Escrito por christian theodore às 17h16
[] [envie esta mensagem]


 
  

Uma homenagem a querida e imortal Helena Meirelles


Morre Helena Meirelles, uma das melhores violeiras do mundo


29/09/2005 - 16h31

Leandro Galvão
Do CorreioWeb


Jorge Saldanha/Divulgação
Cena do documentário que retrata a vida da violeira
Uma parada cardíaca na madrugada desta quinta-feira causou a morte de Helena Meirelles, uma das melhores violeiras do mundo. Helena estava em sua casa, em Campo Grande (MS), quando faleceu. Na última terça-feira ela havia recebido alta da Santa Casa da cidade depois de ficar internada por 13 dias por conta de uma grave pneumonia aguda. Desde a saída do hospital ela recebia acompanhamento em casa.

Helena era uma violeira respeitada no Brasil e no mundo. É a única brasileira que está entre os 100 nomes da guitarra de todos os tempos, eleitos pela revista norte-americana Guitar Player. Na lista estão nomes como Eric Clapton, George Benson e Keith Richards (Rolling Stones).

A sul mato-grossense teve trajetória sofrida antes de construir seu nome como uma das melhores na viola. Analfabeta, trabalhou em prostíbulos e como empregada doméstica, compôs canções e sozinha deu à luz 11 filhos (sem ajuda médica).

Foi somente aos 70 anos que Helena Meirelles tornou-se instrumentista profissional. Em 93, gravou seu primeiro dos cinco discos de sua carreira. Recentemente, a musicista teve sua interessante trajetória retratada no documentário Helena Meirelles – A Dama da Viola, dirigido por Francisco de Paula.

Helena estava com 81 anos. O velório será no Jardim das Paineiras, localizado na Avenida Tamandaré, na capital do Mato Grosso do Sul.




Categoria: arte e teatro
Escrito por christian theodore às 17h00
[] [envie esta mensagem]


 
   Brasília patrimônio Cultural da Humanidade

Sábado, 01 de Outubro de 2005
Brasiliense não sabe a pérola que tem em mãos
Segundo pesquisa, população tem noção que a cidade é tombada, mas desconhece instrumentos de preservação

Brasília tem muitos motivos para ser considerada uma cidade especial. Construída em tempo recorde, é referência internacional da arquitetura e do urbanismo moderno. Áreas verdes, traçado viário, comércio local e superquadra são reconhecidos como patrimônio cultural brasileiro e da humanidade. Muitos brasilienses, porém, desconhecem as origens do processo e os motivos para o tombamento da cidade planejada.

A falta de conhecimento e participação da população em parte importante da história da capital foi alvo de pesquisa feita pela arquiteta Sandra Ribeiro, no Núcleo de Estudos da Cultura, Oralidade e Imagem e Memória do Centro-Oeste (Necoim) da Universidade de Brasília (UnB). A pesquisa se transformou no livro Memória, Cidadania e Gestão do Patrimônio Cultural (editora Annablume).

A arquiteta constatou que os moradores, à época, não acompanharam o processo de tombamento. "Os governos federal e local não divulgaram os acontecimentos como deveriam", acredita Sandra. Além disso, os moradores não foram consultados. Hoje, diz a pesquisadora, a população sabe que a cidade é tombada, mas continua desconhecendo os instrumentos de preservação.

"Se esse patrimônio não for importante para as pessoas que vivem nele, se não fizer parte do seu dia-a-dia, não há como preservá-lo", afirma a pesquisadora.

unescoOuve-se falar sobre o título de Patrimônio Cultural da Humanidade, dado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), em 1987, mas não se sabe ao certo o que isso significa. Três anos depois, Brasília foi tombada pelo GDF, por meio do Decreto 10.829. Em 1990, ocorreu o tombamento federal das quatro escalas: monumental, residencial, gregária e bucólica.

Talvez por isso seja tão difícil para o brasiliense respeitar normas de preservação do patrimônio tombado. A falta de uma educação patrimonial aliada à especulação imobiliária, crescimento urbano e centralização dos serviços e equipamentos públicos no Plano Piloto, facilita o surgimento de agressões vistas em toda parte da cidade.

Exemplo disso são as invasão de área pública no comércio local, propaganda irregular na área central, o sétimo pavimento dos prédios residenciais, salas comerciais que se tornam casas, entre outros crimes contra o patrimônio. "A participação popular poderia ajudar a coibir essas agressões", diz a arquiteta.

.



Escrito por christian theodore às 16h55
[] [envie esta mensagem]


 
   Brincadeira na escola acaba na Delegacia

Sábado, 01 de Outubro de 2005
Brincadeira em escola pára na DCA


Uma brincadeira de três adolescentes do Centro de Educação Fundamental 4 do Guará foi parar na Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA). Os meninos têm idade entre 14 e 15 anos. Um deles encontrou pó-de-mico em uma árvore perto de um supermercado e levou para a escola. Na brincadeira de jogar um no outro, três alunas foram atingidas e apresentaram reação alérgica, sendo encaminhadas ao Hospital Regional do Guará. A Polícia Militar foi chamada porque o incidente provocou confusão na escola.



Os adolescentes foram encaminhados à DCA e autuados por lesão corporal culposa, ação sem intenção de prejuízo. Segundo o delegado de plantão, Ricardo Pedroza Martirena, os meninos alegaram que estavam apenas brincando. "Eles disseram que testaram a fruta no corpo e não tiveram a reação das vítimas", contou o delegado.

Antigamente, nas vilas ou na zona rural, quando alguém queria atrapalhar com um baile, levava pó-de-mico, extraído da vagem de uma árvore, e espalhava no salão. Há até uma marchinha de carnaval que fala sobre isso: "Foi ele, foi ele sim, foi ele que jogou o pó em mim".



O caso provocou alvoroço na escola, mas as aulas foram normalizadas e, segundo a direção, não houve prejuízo para os alunos.

É isso o que acontece com a falta de juízo, e com isso também podemos acrescentar os tapinhas, socos e chutes de "brincadeiras" que o código penal pode punir, é importante saber que quanto mais velho o adolescênte for mais responsabilidade ele terá! Sem esquecer da brincadeira de jogar giz, que pode machucar seriamente os olhos de alunos e professores.



Escrito por christian theodore às 16h45
[] [envie esta mensagem]


 
   Os animais estão desnorteados!

 
Ricardo Marques
Sábado, 01 de Outubro de 2005
Polícia Ambiental capturou 30 animais


Após o incêndio no Jardim Botânico, a Companhia de Polícia Militar Ambiental do DF capturou cerca de 30 animais silvestres. A maior parte são macacos, como saruês e macacos-prego, além de várias aves. Mas há também cobras, gambás e tamanduás mirim e bandeira. Em setembro de 2004, foram feitas 18 apreensões. Até o dia 20 de setembro, foram cerca de 150 resgates, o que significa um aumento de 833,3%.

De acordo com o biólogo Alexandre Zeitune, do Jardim Zoológico, pode haver o aparecimento de animais silvestres na área urbana por até quatro semanas após a queimada. "O suplemento de comida é menor e a capacidade de suporte fica comprometida. A maioria dos animais que aparece são herbívoros, exatamente em busca da vegetação que perderam. Com as chuvas, os brotos de árvores nascem novamente e eles retornam ao hábitat", explicou.

Zeitune alerta para a especulação sobre a origem dos animais. "Podem ter vindo do Jardim Botânico ou não. Apenas depois de estudarmos cada caso com cuidado é que poderemos ter certeza quanto à procedência. Acho que há muita especulação, muito achismo sobre o assunto", diz.

Para o biólogo Adilson Gil, chefe do Setor de Fauna do Ibama-DF, o aumento no número de resgates com as queimadas não é tão significativo. Segundo ele, o maior problema são as ocupações irregulares de terrenos, grande parte próxima a corredores ecológicos ou a unidades de conservação. "A falta de ordenamento populacional leva à construção de casas muito próximas dessas áreas de proteção e provoca a fuga desses animais. A população, então, começa a reclamar que os bichos estão entrando em seus quintais, mas não lembra que primeiro foi ela que ocupou os quintais dos animais".

sem locaisE, com as ocupações irregulares de terras, surge um outro problema grave: encontrar uma área para realocar esses animais na natureza. O Zoológico, para onde são mandados após a captura, já está superlotado e há cada vez menos espaços sem que haja a interferência humana no DF. "Várias aves e primatas, como os lobos-guarás, estão com a área reduzida para a inserção na natureza. Não temos como devolvê-los e muito menos como ficar com eles. No Zoológico, a capacidade já está esgotada e o Ibama não tem recursos para mantê-los conosco", alerta Adilson Gil.

Segundo a promotora Kátia Lemos, da Promotoria do Meio Ambiente do DF, esse é um assunto que deve ser amplamente discutido. "Temos que criar a consciência de que estamos ocupando o espaço dos bichos. Os órgãos ambientais têm dificuldade de conseguir um local seguro para colocar esses bichos que são encontrados na área urbana. Estamos realizando várias reuniões com o Ibama a fim de viabilizar áreas para tentar minimizar o problema".

A região atingida pelo incêndio do dia 19 de setembro representa um importante corredor ecológico, com três das maiores áreas de preservação de Brasília: o Jardim Botânico, a Reserva Ecológica do IBGE e a Fazenda Água Limpa da Universidade de Brasília (UnB). Sábado, 01 de Outubro de 2005
Polícia Ambiental capturou 30 animais




Após o incêndio no Jardim Botânico, a Companhia de Polícia Militar Ambiental do DF capturou cerca de 30 animais silvestres. A maior parte são macacos, como saruês e macacos-prego, além de várias aves. Mas há também cobras, gambás e tamanduás mirim e bandeira. Em setembro de 2004, foram feitas 18 apreensões. Até o dia 20 de setembro, foram cerca de 150 resgates, o que significa um aumento de 833,3%.

De acordo com o biólogo Alexandre Zeitune, do Jardim Zoológico, pode haver o aparecimento de animais silvestres na área urbana por até quatro semanas após a queimada. "O suplemento de comida é menor e a capacidade de suporte fica comprometida. A maioria dos animais que aparece são herbívoros, exatamente em busca da vegetação que perderam. Com as chuvas, os brotos de árvores nascem novamente e eles retornam ao hábitat", explicou.

Zeitune alerta para a especulação sobre a origem dos animais. "Podem ter vindo do Jardim Botânico ou não. Apenas depois de estudarmos cada caso com cuidado é que poderemos ter certeza quanto à procedência. Acho que há muita especulação, muito achismo sobre o assunto", diz.

Para o biólogo Adilson Gil, chefe do Setor de Fauna do Ibama-DF, o aumento no número de resgates com as queimadas não é tão significativo. Segundo ele, o maior problema são as ocupações irregulares de terrenos, grande parte próxima a corredores ecológicos ou a unidades de conservação. "A falta de ordenamento populacional leva à construção de casas muito próximas dessas áreas de proteção e provoca a fuga desses animais. A população, então, começa a reclamar que os bichos estão entrando em seus quintais, mas não lembra que primeiro foi ela que ocupou os quintais dos animais".

sem locaisE, com as ocupações irregulares de terras, surge um outro problema grave: encontrar uma área para realocar esses animais na natureza. O Zoológico, para onde são mandados após a captura, já está superlotado e há cada vez menos espaços sem que haja a interferência humana no DF. "Várias aves e primatas, como os lobos-guarás, estão com a área reduzida para a inserção na natureza. Não temos como devolvê-los e muito menos como ficar com eles. No Zoológico, a capacidade já está esgotada e o Ibama não tem recursos para mantê-los conosco", alerta Adilson Gil.

Segundo a promotora Kátia Lemos, da Promotoria do Meio Ambiente do DF, esse é um assunto que deve ser amplamente discutido. "Temos que criar a consciência de que estamos ocupando o espaço dos bichos. Os órgãos ambientais têm dificuldade de conseguir um local seguro para colocar esses bichos que são encontrados na área urbana. Estamos realizando várias reuniões com o Ibama a fim de viabilizar áreas para tentar minimizar o problema".

A região atingida pelo incêndio do dia 19 de setembro representa um importante corredor ecológico, com três das maiores áreas de preservação de Brasília: o Jardim Botânico, a Reserva Ecológica do IBGE e a Fazenda Água Limpa da Universidade de Brasília (UnB).



Escrito por christian theodore às 16h39
[] [envie esta mensagem]


 
   Adeus Tatico!

 
 
CEDOC/RENATO ARAUJO/20.10.03
 
Sábado, 01 de Outubro de 2005
Família Tatico radicaliza


Os deputados José Tatico (DF) e Ênio Tatico (GO), pai e filho, inovaram no troca-troca partidário. Não mudaram só de partido, mas também de domicílio eleitoral. Os Tatico deixaram o PL e foram para o PTB. José Tatico transferiu o domicílio do Distrito Federal para Goiás; Ênio Tatico largou Goiás e mudou o domicílio para Minas Gerais.



Na eleição de 2002, Ênio Tatico tinha ficado na primeira suplência da coligação liderada pelo PSDB em Goiás. Como o presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, o deputado mais votado, renunciou ao mandato para assumir a presidência da instituição financeira, Ênio Tatico recebeu a cadeira de titular. José Tatico, que era deputado distrital, elegeu-se federal.



A família é dona da rede de supermercados Tatico, com estabelecimentos em Ceilândia, cidade-satélite do Distrito Federal, e em Águas Lindas, Anápolis e Goiânia (GO). Durante a CPI do Roubo de Cargas, os nomes dos donos dos supermercados foram citados por testemunhas, mas as denúncias não foram comprovadas.

 
 
CEDOC/RENATO ARAUJO/20.10.03
 
Sábado, 01 de Outubro de 2005
Família Tatico radicaliza


Isso é que é um exemplo de um mau político que teve sua acensão pelas bênçãos de Roriz e por ter um mercado na Ceilândia que vende mais barato que outros, foi acusado de ser traficante de cargas roubadas onde uma CPI, chegou a ser instalada na câmara dos deputados, mas nada foi provado. Agora tatico vai para Goiás, sem qualquer satisfação a seus eleitores do DF, além de várias promessas não cumpridas como a de construir varios Taticões por outras satélites. Um exemplo triste de popularidade que envergonhou o DF e sua insignificância na Câmara!

 



Escrito por christian theodore às 16h26
[] [envie esta mensagem]


 
   o que ficou definido na cúpula sua-americana

O que foi aprovado

BRASÍLIA - A I Cúpula da Comunidade Sul-Americana de Nações foi concluída ontem com a adoção de um conjunto de documentos que definem a organização, a agenda prioritária e as ações deste mecanismo de integração. O próximo passo em direção à unificação será dado durante uma reunião prevista para 21 de outubro, em La Paz, para analisar as assimetrias existentes entre os 12 países-membros e formular propostas para reduzir as diferenças e para que as relações econômicas produzam benefícios para todos.

Os documentos incluem uma declaração política, um plano de ação, um compromisso sobre infra-estruturas e outro sobre área de livre comércio, assim como a aceitação de uma Cúpula com a União Africana e o compromisso de seguir as declarações da recente Cúpula com países árabes. O "programa de ação" defende o fortalecimento dos vínculos entre a Comunidade Andina (CAN) e o Mercado Comum do Sul (Mercosul).

Além disso, estabelece a conformação de um fórum de consulta e acordo político a fim de afirmar a região como um fator diferenciado e dinâmico em suas relações externas. O texto acrescenta que os países da comunidade poderão apresentar projetos consensuados de interesse comum nos organismos internacionais e regionais.

Além disso, as secretarias da CAN e do Mercosul farão uma revisão dos acordos já alcançados nas áreas política e social a fim de examinar, em conjunto com Chile, Guiana e Suriname, a possibilidade de sua extensão a todos os países da América do Sul. Os países sul-americanos aceitam negociar um acordo de isenção de vistos e habilitação de documentos de identidade para que seus cidadãos ingressem e transitem em seus respectivos territórios na qualidade de turistas.

A secretaria pró tempore pedirá à Associação Latino-Americana de Integração (Aladi), ao Mercosul e à CAN que preparem, no mais tardar até o primeiro semestre de 2006, estudos sobre a convergência dos acordos de complementação econômica das economias. Também convidará ao desenvolvimento de programas para a eliminação da febre aftosa e outras doenças, e estimulará o comércio considerando, entre outras, a experiência brasileira em seu programa de substituição competitiva de importações.

Serão concluídos os projetos prioritários para a integração nas áreas de transporte, turismo, energia e comunicações, com destaque para a Iniciativa para a Integração da Infra-estrutura Regional Sul-Americana (IIRSA). A Comunidade Sul-Americana também se compromete a realizar reuniões e seminários para promover o bom uso da água, e a convocar uma reunião de autoridades de aviação civil e ministros de turismo para propiciar a integração nesses setores.

A Comunidade mantém aberta a possibilidade de estudar um possível acordo de complementação energética regional proposto pelo Uruguai em agosto passado e avançar na Rede de Gasodutos do Sul. Entre as reuniões que se prevêem há encontros sobre educação, financiamento de projetos e meio ambiente.

Os presidentes sul-americanos acertaram realizar em Quito, durante o primeiro semestre de 2006, uma reunião de países sul-americanos, conjuntamente com instituições acadêmicas e organizações governamentais. Também no primeiro semestre de 2006 se reunirão os ministros de Cultura para estudar uma agenda sul-americana, e a cada dois anos será organizada, de forma rotativa, uma feira de ciência e tecnologia e se instituirá um prêmio da região.

Os presidentes sul-americanos ratificaram que a Comunidade Sul-Americana não deve criar novas instituições, gerar despesas nem burocracia. Na agenda prioritária da declaração se destaca que as prioridades para a região são o diálogo político, a integração física, o meio ambiente e a integração energética.

Outros temas nos quais põe ênfase são os mecanismos financeiros sul-americanos, as assimetrias, as telecomunicações e a promoção da coesão social, da inclusão e a justiça social.

O que foi aprovado

BRASÍLIA - A I Cúpula da Comunidade Sul-Americana de Nações foi concluída ontem com a adoção de um conjunto de documentos que definem a organização, a agenda prioritária e as ações deste mecanismo de integração. O próximo passo em direção à unificação será dado durante uma reunião prevista para 21 de outubro, em La Paz, para analisar as assimetrias existentes entre os 12 países-membros e formular propostas para reduzir as diferenças e para que as relações econômicas produzam benefícios para todos.

Os documentos incluem uma declaração política, um plano de ação, um compromisso sobre infra-estruturas e outro sobre área de livre comércio, assim como a aceitação de uma Cúpula com a União Africana e o compromisso de seguir as declarações da recente Cúpula com países árabes. O "programa de ação" defende o fortalecimento dos vínculos entre a Comunidade Andina (CAN) e o Mercado Comum do Sul (Mercosul).

Além disso, estabelece a conformação de um fórum de consulta e acordo político a fim de afirmar a região como um fator diferenciado e dinâmico em suas relações externas. O texto acrescenta que os países da comunidade poderão apresentar projetos consensuados de interesse comum nos organismos internacionais e regionais.

Além disso, as secretarias da CAN e do Mercosul farão uma revisão dos acordos já alcançados nas áreas política e social a fim de examinar, em conjunto com Chile, Guiana e Suriname, a possibilidade de sua extensão a todos os países da América do Sul. Os países sul-americanos aceitam negociar um acordo de isenção de vistos e habilitação de documentos de identidade para que seus cidadãos ingressem e transitem em seus respectivos territórios na qualidade de turistas.

A secretaria pró tempore pedirá à Associação Latino-Americana de Integração (Aladi), ao Mercosul e à CAN que preparem, no mais tardar até o primeiro semestre de 2006, estudos sobre a convergência dos acordos de complementação econômica das economias. Também convidará ao desenvolvimento de programas para a eliminação da febre aftosa e outras doenças, e estimulará o comércio considerando, entre outras, a experiência brasileira em seu programa de substituição competitiva de importações.

Serão concluídos os projetos prioritários para a integração nas áreas de transporte, turismo, energia e comunicações, com destaque para a Iniciativa para a Integração da Infra-estrutura Regional Sul-Americana (IIRSA). A Comunidade Sul-Americana também se compromete a realizar reuniões e seminários para promover o bom uso da água, e a convocar uma reunião de autoridades de aviação civil e ministros de turismo para propiciar a integração nesses setores.

A Comunidade mantém aberta a possibilidade de estudar um possível acordo de complementação energética regional proposto pelo Uruguai em agosto passado e avançar na Rede de Gasodutos do Sul. Entre as reuniões que se prevêem há encontros sobre educação, financiamento de projetos e meio ambiente.

Os presidentes sul-americanos acertaram realizar em Quito, durante o primeiro semestre de 2006, uma reunião de países sul-americanos, conjuntamente com instituições acadêmicas e organizações governamentais. Também no primeiro semestre de 2006 se reunirão os ministros de Cultura para estudar uma agenda sul-americana, e a cada dois anos será organizada, de forma rotativa, uma feira de ciência e tecnologia e se instituirá um prêmio da região.

Os presidentes sul-americanos ratificaram que a Comunidade Sul-Americana não deve criar novas instituições, gerar despesas nem burocracia. Na agenda prioritária da declaração se destaca que as prioridades para a região são o diálogo político, a integração física, o meio ambiente e a integração energética.

Outros temas nos quais põe ênfase são os mecanismos financeiros sul-americanos, as assimetrias, as telecomunicações e a promoção da coesão social, da inclusão e a justiça social.



Escrito por christian theodore às 15h06
[] [envie esta mensagem]


 
   Ainda Chavez

Hugo Chávez enquadra Cúpula

Presidente da Venezuela obriga rediscussão da estrutura da Comunidade de Nações Sul-Americanas

BRASÍLIA - A criação formal da Comunidade Sul-americana de Nações (Casa), projeto da diplomacia do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, quase ruiu nos momentos finais da primeira reunião de chefes de Estado da América do Sul. Em intervenção surpreendente, o presidente Hugo Chávez, da Venezuela, afirmou que discordava da estrutura institucional por conferir ao novo bloco um caráter natimorto, repetir fórmulas fracassadas do Mercosul e da Comunidade Andina e ser tão frágil que a integração somente seria concluída "no ano 2200". Chávez recusava-se a assinar os seis documentos finais do encontro. Acabou demovido, mas desnudou a debilidade estrutural da Casa.

"Eu tive medo que repetíssemos critérios que, do meu ponto de vista, não deram resultados. Reuniões de vice-ministros, de ministros, de presidentes dão muito trabalho, mas pouco resultado. Eu não posso, me perdoe Lula, aprovar essa institucionalidade da união sul-americana. Creio que estamos começando muito mal, repetindo esquemas fracassados. Tenho que dizer isso com toda a franqueza", declarou Chávez, que insistia em continuar com os debates.

Os argumentos de Chávez não foram contrariados. De fato, o ministro brasileiro das Relações Exteriores, Celso Amorim, admitiu que os documentos eram apenas "declarações políticas" e que, em uma fase posterior, os 12 países teriam de negociar e fechar um tratado - texto que traria o formato definitivo da comunidade. Em uma reação próxima ao pânico, ruborizado, o presidente Lula declarou que, se Chávez não mudasse de idéia, os chefes de Estado sairiam de Brasília "paralisados como chegamos".

Depois de uma intervenção de Alejandro Toledo, do Peru, que apenas aumentou a tensão, Amorim propôs que os 12 países concluíssem, em um prazo de 90 dias, as discussões sobre as cinco das 20 sugestões sobre o formato da comunidade que não constavam dos documentos finais. Esses 20 tópicos haviam sido apresentados antecipadamente por Chávez e pelo presidente do Uruguai, Tabaré Vásquez (ausente no encontro), e cerca de 15 foram acatados.

Na sua ânsia de convencer Chávez, o chanceler chegou a anunciar que, sem os documentos assinados ontem, nenhuma reunião poderia ser convocada para discutir a integração - nem mesmo as propostas do venezuelano e de Vásquez. Contrariado e exposto em seu ponto nevrálgico por Amorim,

Chávez revidou, dizendo que não trataria do assunto com ministros - só com presidentes. Lula tomou para si a sugestão de seu chanceler e, em tom apelativo, chegou a propor que as discussões entre os presidentes sobre esses tópicos se dessem por telefone, fax ou e-mail, para torná-las mais ágeis.

Lula também sugeriu uma nova reunião de cúpula da Casa ocorra em paralelo à do Mercosul, em Montevidéu, em dezembro. Chávez acabou concordando e ainda foi convidado para um almoço privado no Itamaraty. Na prática, o presidente brasileiro acabou antecipando uma das máximas que expôs no seu discurso final. "Quando nós estivermos na maior divergência possível, o que me deixa tranquilo é que sempre haverá, dentro nós, alguém que vai encontrar o denominador comum para que essa divergência se transforme numa convergência", disparou.

Dentre as idéias de Chávez e de Vásquez, continuam em suspenso a criação da Comissão Sul - um organismo supranacional que conduziria o processo de integração. Também ficaram para novos debates a proposta de criar o Banco Sul, uma coordenação mais eficaz dos esforços do BNDES, do Fonplata e da Corporação Andina de Fomento (CAF) - idéia para a qual Lula antecipou seu aval.

Da mesma forma, continuam pendentes a idéia de Chávez de montar dois planos de ação no continente - um contra o analfabetismo e o outro, para a oferta de serviços gratuitos de saúde.

Além da declaração presidencial, que definiu formato da comunidade detonado por Chávez, os presidentes aprovaram outros cinco. A rigor, o novo bloco nasceu com a prioridade depositada no diálogo político, na integração dos setores de transportes, energia e telecomunicações, na preservação do meio ambiente, na discussão das assimetrias entre os países e na criação de mecanismos alternativos para o financiamento de obras, de investimentos e do comércio entre os países. A coesão e a inclusão sociais também figuraram entre os temas.

Entretanto, em um dos documentos, o Programa de Ação, não foram definidos prazos para a elaboração de políticas e de projetos para esses tópicos - como alertou o venezuelano. Outro texto, a Declaração sobre Integração na Área de Infra-Estrutura, propõe a realização de reuniões ministeriais para tratar dos setores de transportes, de energia e de telecomunicações.

O texto expôs a decisão tomada pelos ministros de Minas e Energia, reunidos no último dia 26, em Caracas, de criar a Petroamérica - uma conjunção entre a Petrocaribe e a Petrosul, a coordenação entre as petroleiras brasileira, venezuelana e argentina - e de levar adiante a Rede de Gasodutos do Sul, que envolveria o Peru, o Brasil, o Uruguai, a Argentina, o Paraguai e o Chile.

Em duas declarações sobre as ambições externas do novo bloco, os 12 países concordaram com a realização de uma reunião de cúpula da Casa e da União Africana que, em princípio, ocorreria em 2006. Também reafirmaram os compromissos de aproximação com os países árabes.



Escrito por christian theodore às 15h03
[] [envie esta mensagem]


 
  

Dando a largada ao projeto "Qual é a minha cultura?"

Centro de Ensino Fundamental do Bosque -São Sebastião-DF- 7a série---Grupo 1- Componentes:

Professor:christian Theodore 4oBimestre-disciplina-Artes. O trabalho deverá ser escrito e publicado com fotos caso o aluno consiga encontrar uma ilustração interessante para o seu texto.



Categoria: Blogdobosque
Escrito por christian theodore às 22h30
[] [envie esta mensagem]


 
   G tira a roupa do filho da Mary Corner!

Folha Online

As revistas de nudez vão explorar a crise política no mês de outubro. Enquanto a "Playboy" traz Camilla Amaral, ex-assessora da senadora petista Ideli Salvatti, integrante da CPI dos Correios, a "G Magazine", revista voltada para o público gay, vai desnudar o estudante de nutrição Bruno Corner, 22.

Divulgação
Bruno vai estampar a capa da revista G
Bruno vai estampar a capa da revista G
Ele é filho da "promotora de eventos" de Brasília Jeany Mary Corner, citada na CPI como suposta agenciadora de garotas de programa para políticos.

Segundo informou a coluna de "Mônica Bergamo", da Folha, no último dia 15 de setembro, o cachê de Bruno Corner com a "G Magazine" é estimado em R$ 20 mil. Ele tem 1m82e 74 kg.

Em uma foto de divulgação, ele aparece em meio a vários aparelhos de telefone. Sua mãe ficou conhecida por organizar festas supostamente bancadas pelo publicitário Marcos Valério de Souza para políticos em Brasília. No último dia 22, ela entregou sua agenda telefônica durante depoimento à Polícia Federal em São Paulo.


Escrito por christian theodore às 21h32
[] [envie esta mensagem]


 
   Higuita muda de cara

O ex-goleiro da seleção colombiana de futebol, René Higuita, que sempre admitiu ser "muito feio", passou por uma transformação física depois de se submeter a cinco cirurgias plásticas para o "reality show" "Cambio Extremo" (versão colombiana do programa "Extreme Makeover"). Ele agora diz que quer voltar ao futebol e apresentar um programa de TV como o do ex-craque argentino Diego Maradona.

Em meio a grande expectativa do público colombiano, Higuita revelou sua nova aparência, depois que o cirurgião plástico Ernesto Andrade fez uma mudança "de 80%", segundo declarações do médico.

EFE
Goleiro fez diversas plásticas
Goleiro fez diversas plásticas
Higuita, de 39 anos, teve o nariz afilado e as pálpebras delineadas. No queixo, foi injetado silicone e ele teve desenhado um novo sorriso. Além disso, gordura foi enxertada nas maçãs do rosto e as manchas na face, assim como um sinal proeminente, desapareceram após um procedimento com laser.

A transformação, realizada em uma clínica particular da capital colombiana, Bogotá, contou, ainda com o corte e tratamento da famosa cabeleira do jogador, além de lipoaspiração e definição com bisturi dos músculos do abdômen.

"Estou feliz com o que vejo no espelho", disse o ex-jogador, usando roupas do estilista colombiano Angel Yáñez, no programa "Cambio Extremo", que milhões de colombianos acompanharam pela televisão.

"Aprendi a viver sendo feio, por isso vou continuar o mesmo. O fato de terem me mudado um pouco não me afeta em nada como pessoa", acrescentou, manifestando o desejo de voltar ao futebol profissional.

Retorno

Segundo Higuita, graças a um extenuante trabalho físico, está pronto para voltar aos gramados. Ele disse ter recebido ofertas de várias equipes, como o Aucas do Equador, de onde foi excluído no ano passado após se submeter a um antidoping que deu positivo para cocaína.

Enquanto isso, o ex-goleiro --que gerou polêmica em 1991 quando foi à prisão visitar Pablo Escobar, ex-chefão do cartel de Medellín, de quem admitiu ser amigo-- treinará com a equipe colombiana Deportivo Rionegro.

Ele também se disse disposto a seguir o exemplo do argentino Diego Armado Maradona, apresentador do programa "La Noche del Diez".

"Agora que fizemos bons contatos com o Canal RCN --que produz o "reality show"--, se tiver a oportunidade de ter um grande programa como esse, tenha certeza de que o farei", disse. Desde que deixou o futebol, Higuita já foi protagonista de dois "reality shows" na Colômbia.

A nova aparência de Higuita era esperada com grande expectativa pelos telespectadores colombianos, mas também por parentes e amigos do ex-goleiro. Entre as pessoas que estavam ansiosas para conhecer o "novo René" estavam o ex-técnico das seleções de Colômbia e Ecuador, Hernán Darío "Bolillo" Gómez.

No programa também foram exibidas mensagens de apoio ao ex-goleiro, como do goleiro paraguaio José Luis Chilaver --que lhe desejou "sorte com seu novo 'look'"-- e do atacante camaronês Roger Milla, que fez o gol da eliminação da Colômbia na Copa do Mundo da Itália, em 1990.

Higuita participou do Mundial da Itália e se caracterizou por jogar como um goleiro-líbero. Em 1995, consagrou-se durante partida entre a Colômbia e a Inglaterra no estádio Wembley, ao fazer a famosa defesa "escorpião", em que tirou a bola da trajetória do gol com os dois pés, mergulhando no gramado.


Escrito por christian theodore às 21h30
[] [envie esta mensagem]


 
   Sair antes do barco afundar!

Terça-feira, 27 de Setembro de 2005
Debandada geral de petistas históricos
Plinio de Arruda Sampaio e Hélio Bicudo já estão fora

Começou a esperada debandada no Partido dos Trabalhadores. Descontentes com o resultado do Processo de Eleição Direta que está escolhendo o novo presidente nacional do partido, um grupo ligado a Plinio de Arruda Sampaio, que foi candidato a presidente na eleição em primeiro turno (fez 13,4% dos votos ou quase 40 mil votos), anunciou ontem, a saída do PT. Ele está indo para o PSol.

Além dele, estão anunciando a saída do PT o jurista Hélio Bicudo, um dos fundadores do PT, os deputados federais Ivan Valente e Orlando Fantasini, ambos do PT de São Paulo. Os deputados também irão para o PSol, mas Hélio Bicudo ainda não informou se irá para o PSol também.

No domingo, um grupo de aproximadamente 400 ativistas do movimento social já haviam dito que sairão do PT e irão para o PSol, partido liderado pela senadora Heloisa Helena, candidata a presidente da República no ano que vem.

Esses parlamentares têm até o dia 30 para mudar de partido caso desejem ser candidatos em 2006. Por isso, comunicarão à direção do PT ainda ainda esta semana sobre a decisão de trocar de partido. É a maior crise da história do partido desde que foi fundado, há 25 anos.

Plinio de Arruda Sampaio já foi até candidato a governador de São Paulo pelo PT e foi deputado constituinte. Bicudo já foi vice-prefeito de São Paulo, na gestão Marta Suplicy.

força de dirceu O Campo Majoritário, grupo político ligado ao deputado José Dirceu (PT-SP), indicou que ainda tem muita força no PT, apesar das denúncias de irregularidades da última gestão.

Os resultados das eleições internas realizadas no último dia 18 mostram que o grupo que domina politicamente o PT desde 1995 ganhou em 15 Estados no 1º turno e concorre no 2º turno em outros 8 Estados, sendo que no Mato Grosso do Sul, ambos os candidatos são vinculados a esse grupo.

Da mesma maneira, o candidato do Campo Majoritário à presidência nacional. A disputa pela presidência nacional, por enquanto, mostra o candidato do Campo, Ricardo Berzoini, com 42% dos votos válidos apurados, seguido por Raul Pont (14,68%) e Valter Pomar (14,65%). Já foram apurados 98% dos votos.

Os resultados se baseiam nas últimas parciais disponíveis nos diretórios estaduais, que totalizaram entre 72% e 100% dos votos (veja o quadro abaixo).



Escrito por christian theodore às 21h18
[] [envie esta mensagem]


 
   Maninha troca o PT pelo P-Sol


Maninha chora por sua saída do PT
Deputada federal Maria José Maninha troca o PT pelo P-SOL

Vinte e cinco anos de PT e agora a saída por divergências políticas. A deputada maninha não segurou as lágrimas: “Eu saio do PT não porque o partido se tornou um inimigo pra mim. Não é isso! Eu discordo internamente, da construção partidária e do modelo que o PT hoje considera seu. Estou procurando um novo caminho, um novo espaço político”, confessa.

A deputada Maninha disse que vai se filiar ao P-SOL na quarta-feira, partido fundado por ex-petistas. É pela nova legenda que ela vai tentar a reeleição no ano que vem. Com a saída dela o PT-DF, que tinha três deputados federais, agora fica com apenas dois: Wasny de Roure e Sigmaringa Seixas.

Na avaliação do presidente do PT local, Wilmar Lacerda, a saída da deputada Maninha e do senador Cristóvão Buarque abriu as portas para outros seguirem o mesmo caminho. “O PT sente muito a saída dessas duas lideranças. Creio que é um momento muito triste para o partido no Distrito Federal”, afirmou Lacerda.




Escrito por christian theodore às 21h05
[] [envie esta mensagem]


 
  

Adeus a Golias

Esse Blog presta uma homenagem eterna ao querido e grande humorista Ronald Golias, adeus querido!27/09/2005 - 14h44
"Com Golias dividi alguns dos grandes momentos da minha carreira", diz Hebe Camargo

Da Redação

> makePhoto('Divulgação/SBT|http://tv.i.uol.com.br/notas/hebe0927.jpg|Hebe e Golias encenam cena de Romeu e Julieta'); makeBox('ler|http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u53779.shtml target=_blank|MORRE EM SÃO PAULO RONALD GOLIAS','ler|http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u53788.shtml target=_blank|NÓBREGA E SBT LAMENTAM MORTE','verfotos|http://televisao.uol.com.br/album/golias_album.jhtm|VEJA MAIS FOTOS DO HUMORISTA','assistir|http://noticias.uol.com.br/uolnews/bandnews/2005/09/27/ult2890u3011.htm target=_blank|VÍDEO DO BANDNEWS','ler|http://grupos.uol.com.br/cgi-bin/dnewsweb04?cmd=xover&group=uol.diversao.tv&from=&utag=&sub=y=&banner=000 target=_blank|COMENTE EM UOL FÓRUM'); BBhide();
Divulgação/SBT
Hebe e Golias encenam cena de Romeu e Julieta

Em nota encaminhada à imprensa na tarde desta terça-feira (27), a apresentadora Hebe Camargo lamentou a morte do comediante Ronald Golias, "seu amigo por décadas".

Valorizando o carisma de Golias que, segundo a apresentadora do SBT, agradava a "crianças, jovens, adultos", Hebe lembrou que dividiu com o comediante "alguns dos grandes momentos" de sua carreira.

Por mais de uma vez, a dupla Hebe e Golias interpretou uma versão cômica do texto "Romeu e Julieta", de Shakespeare, que pode ser considerado um dos momentos memoráveis da televisão brasileira. A cena foi exibida originalmente na TV Record, nos anos 60 e, anos mais tarde, relembrada em especial para o SBT.

Leia a seguir a nota completa de Hebe Camargo:

"Ele foi um dos artistas mais amados do Brasil. Dava-se ao luxo de não ter um público específico: crianças, jovens, adultos, todo mundo encontrava em seu humor único o riso, a gargalhada mesmo, que lavava a alma.

Temos alguns artistas geniais. Mas Golias foi gênio. Bastava ele aparecer com aquele semblante talhado para o humor para que a tela se iluminava. Sua graça independia de texto. Ele era a alegria.

Fomos amigos por décadas. Com ele dividi alguns dos grandes momentos da minha carreira. E, por incrível que pareça, sua imensa timidez não deixava que entrássemos em sua intimidade. Golias foi um ídolo que soube manter-se distante da mídia. Não me recordo de nenhuma notícia sobre ele e que não tivesse relação direta com o seu trabalho.

Era um homem compenetrado em suas tarefas. Estudava detalhe por detalhe a cena que traria a explosão do riso. É difícil tentar definir Ronald Golias. O melhor é rir de novo com a lembrança desse homem, cujo dom era criar momentos de felicidade".

>makeFooter();



Categoria: arte e teatro
Escrito por christian theodore às 20h55
[] [envie esta mensagem]


 
  
language=JavaScript src="http://noticias.uol.com.br/functions_album_m1.js"> > if (dropdown_file != ""){ document.write (''); } language=JavaScript src="dropdownalbum_geral.js?ts=20050923033438"> type=text/javascript> credito = new Array() legenda = new Array() tamanho = new Array() // creditos / legendas / tamanho // x=y=z=0; credito[x++] = "The New York Times"; // Foto 1 legenda[y++] = "Envelope em que a atriz Geraldine Page guardou os desenhos que Dean fez para ela"; // Foto 1 tamanho[z++] = "440x320"; // Foto 1 credito[x++] = "The New York Times"; // Foto 2 legenda[y++] = "Desenho que James Dean fez para a atriz Geraldine Page, com quem ele atuou na Broadway"; // Foto 2 tamanho[z++] = "240x390"; // Foto 2 credito[x++] = "The New York Times"; // Foto 3 legenda[y++] = "Desenho que James Dean fez para a atriz Geraldine Page, com quem ele atuou na Broadway"; // Foto 3 tamanho[z++] = "440x320"; // Foto 3 credito[x++] = "The New York Times"; // Foto 4 legenda[y++] = "Cabeça de Marlom Brando é servida em desenho feito por James Dean"; // Foto 4 tamanho[z++] = "440x320"; // Foto 4 credito[x++] = "The New York Times"; // Foto 5 legenda[y++] = "Desenho que James Dean fez para a atriz Geraldine Page, com quem ele atuou na Broadway"; // Foto 5 tamanho[z++] = "590x320"; // Foto 5 credito[x++] = "The New York Times"; // Foto 6 legenda[y++] = "Desenho que James Dean fez para a atriz Geraldine Page, com quem ele atuou na Broadway"; // Foto 6 tamanho[z++] = "240x390"; // Foto 6 credito[x++] = "The New York Times"; // Foto 7 legenda[y++] = "Desenho que James Dean fez para a atriz Geraldine Page, com quem ele atuou na Broadway"; // Foto 7 tamanho[z++] = "440x320"; // Foto 7 credito[x++] = "The New York Times"; // Foto 8 legenda[y++] = "Desenho que James Dean fez para a atriz Geraldine Page, com quem ele atuou na Broadway"; // Foto 8 tamanho[z++] = "240x390"; // Foto 8 credito[x++] = "The New York Times"; // Foto 9 legenda[y++] = "Desenho que James Dean fez para a atriz Geraldine Page, com quem ele atuou na Broadway"; // Foto 9 tamanho[z++] = "300x390"; // Foto 9 credito[x++] = "The New York Times"; // Foto 10 legenda[y++] = "Desenho que James Dean fez para a atriz Geraldine Page, com quem ele atuou na Broadway"; // Foto 10 tamanho[z++] = "440x320"; // Foto 10 credito[x++] = "The New York Times"; // Foto 11 legenda[y++] = "Desenho que James Dean fez para a atriz Geraldine Page, com quem ele atuou na Broadway"; // Foto 11 tamanho[z++] = "440x320"; // Foto 11 credito[x++] = "The New York Times"; // Foto 12 legenda[y++] = "Desenho que James Dean fez para a atriz Geraldine Page, com quem ele atuou na Broadway"; // Foto 12 tamanho[z++] = "300x390"; // Foto 12 credito[x++] = "The New York Times"; // Foto 13 legenda[y++] = "Desenho que James Dean fez para a atriz Geraldine Page, com quem ele atuou na Broadway"; // Foto 13 tamanho[z++] = "240x390"; // Foto 13 url = new Array(); urlCount = 0; url[urlCount++] = ""; // Foto 1 url[urlCount++] = ""; // Foto 2 url[urlCount++] = ""; // Foto 3 url[urlCount++] = ""; // Foto 4 url[urlCount++] = ""; // Foto 5 url[urlCount++] = ""; // Foto 6 url[urlCount++] = ""; // Foto 7 url[urlCount++] = ""; // Foto 8 url[urlCount++] = ""; // Foto 9 url[urlCount++] = ""; // Foto 10 url[urlCount++] = ""; // Foto 11 url[urlCount++] = ""; // Foto 12 url[urlCount++] = ""; // Foto 13 language=JavaScript> onload = startAlbum;
Os desenhos de James Dean
The New York Times
Desenho que James Dean fez para a atriz Geraldine Page, com quem ele atuou na Broadway


Escrito por christian theodore às 17h14
[] [envie esta mensagem]


 
  
The New York Times
Cabeça de Marlom Brando é servida em desenho feito por James Dean
NVIE POR E-MAISLIDE SHOW


Escrito por christian theodore às 17h13
[] [envie esta mensagem]


 
   Erotismo nos desenhod de Dean

The New York Times
Desenho que James Dean fez para a atriz Geraldine Page, com quem ele atuou na Broadway
The New York Times
Desenho que James Dean fez para a atriz Geraldine Page, com quem ele atuou na Broadway


Escrito por christian theodore às 17h09
[] [envie esta mensagem]


 
  
Divulgação
O astro em uma das famosas cenas de luta de "Juventude Transviada" NVIE POR E-MASLIDE SHOW


Escrito por christian theodore às 17h06
[] [envie esta mensagem]


 
   O plano de saúde está de rosca

 
 
FRANCISCO STUCKERT
 
Domingo, 25 de Setembro de 2005
Plano de saúde para o GDF
Benefício envolve cerca de 140 mil servidores ativos, inativos e pensionistas

Os quase 140 mil servidores ativos, inativos e pensionistas do GDF estão ansiosos com a possibilidade da criação de um plano de saúde para a categoria. Na Câmara Legislativa, o Projeto de Lei 111/05, de autoria do deputado Odilon Aires (PMDB), já está em tramitação. Mas, por se tratar de matéria cuja competência é privativa do Poder Executivo, os servidores aguardam a chegada de uma nova proposta do GDF para que não haja questionamentos por parte do Ministério Público do DF. A expectativa é de que o texto esteja na Casa até o final da próxima semana.

Segundo Odilon Aires, é importante que se vote o projeto até o final de outubro, para que o benefício seja concedido a partir de 1º de janeiro de 2006. "Já existe verba destinada no orçamento do ano que vem para o plano. Agora só falta cumprirmos o prazo", explica. Ele realizou, na sexta-feira, um seminário na Câmara com servidores e representantes de sindicatos para tratar do assunto.

Odilon defende ainda que 3% do valor anual da folha de pagamento dos servidores (R$ 2,2 bilhões), o equivalente a R$ 66 milhões, sejam destinados ao plano. "Esse valor é menor do que o gasto na Terceira Ponte (R$ 200 milhões) e quase equivalente ao novo Centro de Convenções (R$ 54 milhões), por exemplo".

Atualmente, duas categorias do GDF possuem plano de saúde: cerca de 30 mil policiais militares e bombeiros. "Para os professores, o GDF prometeu enviar o projeto até o mês passado. É uma necessidade urgente de todos os servidores", cobra Maria José Muniz, diretora do Sindicato dos Professores (Sinpro/DF).

Discussão Segundo a Secretaria de Gestão Administrativa do GDF (SGA), a Administração Pública tem hoje mais de 138 mil servidores, sendo 99.721 da ativa, 29.274 inativos e 8.602 pensionistas. Só com os bombeiros e PMs, o GDF gasta mais de R$ 14 milhões, sendo, em média, R$ 484,32 com cada beneficiário.

O vice-presidente do Sindicato dos Servidores da Administração Pública do DF, Ibraim Iussef, afirma que deve haver uma ampla discussão do plano entre governo, Câmara Legislativa e a categoria. "Queremos antes ver o que o governo tem a nos propor, discutir pontos e fazer nossas sugestões", destaca.

O início das discussões entre governo e servidores se deu por meio de um questionário direcionado pela SGA a cada funcionário, onde ele podia apresentar propostas ao plano. Segundo a Assessoria de Imprensa da Secretaria, até a próxima semana devem ser divulgados os resultados dessa pesquisa. Além disso, a equipe técnica destinada para elaborar o projeto do plano de saúde também deve finalizar os trabalhos, para que a proposta possa seguir para votação na Câmara Legislativa.

Pressa - Mesmo com a disposição do governador Joaquim Roriz em enviar a proposta o quanto antes à Casa, Odilon Aires afirmou que vai manter a tramitação de seu projeto, como forma de provocar o Executivo.

"Reconheço que há esse vício de origem, mas vamos aprovar isso para provocar o Executivo", ressalta o deputado. "Como tudo terá de passar pela Câmara, temos a vantagem de já estar discutindo o assunto".

Também com um sindicato como o nosso atrelado até as tampas com o governo Lula e o pior sem conseguir absolutamente nada desse para a categoria, o que fazem é fazer a defesa do deplorável José Dirceu; ele próprio reconheceu hoje nos jornais seus erros. Ridículo colocar professor para aplaudir esse homem! No mais o GDF desrespeitou e descumpriu suas promessas a categoria. Se o plano sair será nada mais que a cosntatação que os professores principalmente entre os servidores tem adoecido muito, principalmente de depressão, as condições de trabalho estão cada vez piores, e a necessidade de buscar uma escola particular cada vez mais imininete.

Sou professor e defensor da escola pública mas ficamos há várias décadas sob a tutela de Eurides Brito, infelizmente com Cristovam houve a tentativa de se romper com o atraso, não houve continuidade por conta de sua derrota.

Como posso defender uma escola pública que coloca diretores-interventores nas escolas, afastam a comunidade e oprimem os alunos, desrespeitam qualquer participação política ativa dos professores! Não dá! Não temerei de ser taxado de elitista em por o meu filho na escola particular, pois ser subserviente de uma cultura de direita opressora não serei, sei que falta dinheiro para a escola particular mas irei atrás de bolsa de estudo. Se a escola pública voltar a ter dignidade serei o primeiro a rematriculá-lo.



Escrito por christian theodore às 14h15
[] [envie esta mensagem]


 
   últimos dias para as filiações partidárias

Sucessão - A sinalização de uma possível indicação do senador Maurício Corrêa pelo governador Joaquim Roriz à sua sucessão no Palácio do Buriti também mexeu com o quadro de filiações. Maurício, que tinha até data para ingresso no PDT, deverá transferir-se para o PMDB.

O cenário indica ainda que o deputado federal José Roberto Arruda poderá se manter no PFL a partir de uma costura que vem desenhando com o senador Paulo Octávio, presidente regional da legenda. O objetivo é manter a união dos dois atuais maiores nomes da disputa, a fim de evitar a perda da vantagem que o partido tem. Com a chancela do senador Jorge Bornhausen, presidente nacional do PFL, o partido deverá lançar chapa ao Buriti.

A desistência de Corrêa de filiar-se ao PDT também poderá ajudar as negociações da deputada Maria José Maninha, com um pé fora do PT, a disputar o GDF pela nova legenda do senador Cristovam Buarque. Carlos Lupi, presidente nacional do PDT, mantém conversas com a deputada, forte nome de esquerda no DF.


Sucessão - A sinalização de uma possível indicação do senador Maurício Corrêa pelo governador Joaquim Roriz à sua sucessão no Palácio do Buriti também mexeu com o quadro de filiações. Maurício, que tinha até data para ingresso no PDT, deverá transferir-se para o PMDB.

O cenário indica ainda que o deputado federal José Roberto Arruda poderá se manter no PFL a partir de uma costura que vem desenhando com o senador Paulo Octávio, presidente regional da legenda. O objetivo é manter a união dos dois atuais maiores nomes da disputa, a fim de evitar a perda da vantagem que o partido tem. Com a chancela do senador Jorge Bornhausen, presidente nacional do PFL, o partido deverá lançar chapa ao Buriti.

A desistência de Corrêa de filiar-se ao PDT também poderá ajudar as negociações da deputada Maria José Maninha, com um pé fora do PT, a disputar o GDF pela nova legenda do senador Cristovam Buarque. Carlos Lupi, presidente nacional do PDT, mantém conversas com a deputada, forte nome de esquerda no DF.




Escrito por christian theodore às 13h33
[] [envie esta mensagem]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Centro-Oeste, BRASILIA, CAMPUS UNIVERSITARIO, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese, Spanish, Sexo, Arte e cultura
MSN - christiantheodore2004@yahoo.com.br


HISTÓRICO
 26/09/2010 a 02/10/2010
 19/09/2010 a 25/09/2010
 06/06/2010 a 12/06/2010
 30/05/2010 a 05/06/2010
 23/05/2010 a 29/05/2010
 16/05/2010 a 22/05/2010
 25/10/2009 a 31/10/2009
 04/10/2009 a 10/10/2009
 20/09/2009 a 26/09/2009
 13/09/2009 a 19/09/2009
 30/08/2009 a 05/09/2009
 23/08/2009 a 29/08/2009
 16/08/2009 a 22/08/2009
 09/08/2009 a 15/08/2009
 02/08/2009 a 08/08/2009
 19/07/2009 a 25/07/2009
 12/07/2009 a 18/07/2009
 07/06/2009 a 13/06/2009
 31/05/2009 a 06/06/2009
 08/02/2009 a 14/02/2009
 17/08/2008 a 23/08/2008
 11/05/2008 a 17/05/2008
 09/12/2007 a 15/12/2007
 02/12/2007 a 08/12/2007
 18/11/2007 a 24/11/2007
 04/11/2007 a 10/11/2007
 28/10/2007 a 03/11/2007
 21/10/2007 a 27/10/2007
 14/10/2007 a 20/10/2007
 07/10/2007 a 13/10/2007
 30/09/2007 a 06/10/2007
 16/09/2007 a 22/09/2007
 26/08/2007 a 01/09/2007
 08/07/2007 a 14/07/2007
 27/05/2007 a 02/06/2007
 13/05/2007 a 19/05/2007
 29/04/2007 a 05/05/2007
 22/04/2007 a 28/04/2007
 25/03/2007 a 31/03/2007
 18/03/2007 a 24/03/2007
 04/03/2007 a 10/03/2007
 18/02/2007 a 24/02/2007
 04/02/2007 a 10/02/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 17/12/2006 a 23/12/2006
 03/12/2006 a 09/12/2006
 26/11/2006 a 02/12/2006
 12/11/2006 a 18/11/2006
 30/04/2006 a 06/05/2006
 01/01/2006 a 07/01/2006
 25/12/2005 a 31/12/2005
 11/12/2005 a 17/12/2005
 04/12/2005 a 10/12/2005
 27/11/2005 a 03/12/2005
 20/11/2005 a 26/11/2005
 13/11/2005 a 19/11/2005
 06/11/2005 a 12/11/2005
 30/10/2005 a 05/11/2005
 23/10/2005 a 29/10/2005
 16/10/2005 a 22/10/2005
 09/10/2005 a 15/10/2005
 02/10/2005 a 08/10/2005
 25/09/2005 a 01/10/2005
 18/09/2005 a 24/09/2005
 11/09/2005 a 17/09/2005
 04/09/2005 a 10/09/2005
 28/08/2005 a 03/09/2005
 21/08/2005 a 27/08/2005
 14/08/2005 a 20/08/2005
 07/08/2005 a 13/08/2005
 31/07/2005 a 06/08/2005
 24/07/2005 a 30/07/2005
 17/07/2005 a 23/07/2005
 10/07/2005 a 16/07/2005
 03/07/2005 a 09/07/2005
 26/06/2005 a 02/07/2005
 19/06/2005 a 25/06/2005
 12/06/2005 a 18/06/2005
 05/06/2005 a 11/06/2005
 29/05/2005 a 04/06/2005
 22/05/2005 a 28/05/2005
 15/05/2005 a 21/05/2005
 08/05/2005 a 14/05/2005
 01/05/2005 a 07/05/2005
 24/04/2005 a 30/04/2005
 17/04/2005 a 23/04/2005


CATEGORIAS
Todas as mensagens
 Link
 política
 arte e teatro
 eu
 grattapersona
 Blogdobosque



OUTROS SITES
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!